sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Canadá manifesta choque e tristeza com ataques em França

O primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, manifestou hoje choque e tristeza com os ataques terroristas iniciados na sexta-feira em Paris.

© Benoit Tessier / Reuters

"Estou chocado e triste por tantas pessoas terem sido mortas e feridas em ataques violentos em Paris", declarou Trudeau, apresentando as suas condolências.

O primeiro-ministro canadiano disse que o seu país "está com a França neste período negro e oferece toda a ajuda possível".

Vários ataques registados na noite de sexta-feira, em Paris, provocaram a morte a pelo menos 40 pessoas e mais de 50 feridos em estado grave, segundo fontes policiais.

O Presidente francês, François Hollande, já anunciou o estado de emergência e o encerramento das fronteiras de França na sequência do que classificou de "ataques terroristas sem precedentes" no país.

Lusa

  • A fuga dos PIDES
    20:08
  • Dominado incêncio no centro de tratamento de resíduos da Tratolixo
    1:55

    País

    O fogo na Tratolixo, em Trajouce, deflagrou esta segunda-feira à noite. As chamas foram controladas a meio da manhã pelos bombeiros. No local estão 133 operacionais, apoiados por 51 veículos. O fogo não fez vítimas nem danos materiais. O vento dificultou o combate às chamas.

  • Duas execuções no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.