sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Cavaco Silva consternado com "hediondos ataques terroristas"

O Presidente da República português, Cavaco Silva, enviou na sexta-feira à noite um telegrama de Estado ao Presidente francês, François Hollande, expressando a sua "grande consternação" face ao que classificou de "hediondos ataques terroristas" em Paris.

M\303\201RIO CRUZ

"Foi com grande consternação que tomei conhecimento dos hediondos ataques terroristas, hoje, em Paris, e da perda trágica de um elevado número de vidas", refere Aníbal Cavaco Silva, na mensagem dirigida na sexta-feira ao seu homólogo francês e divulgada hoje no 'site' da Presidência da República.

O Presidente da República portuguesa transmitiu, em seu nome pessoal e do povo português, os sentimentos de "sentido pesar e da mais sincera solidariedade" ao Presidente Hollande, às famílias enlutadas e a todo o povo francês.

"Peço-lhe que aceite, Senhor Presidente, a expressão da minha elevada consideração e estima pessoal", conclui o chefe de Estado português.

Vários ataques registados hoje à noite, em Paris, provocaram a morte de mais de uma centena de pessoas e pelo menos outras 50 ficaram feridas em estado grave, segundo fontes policiais.

François Hollande decretou o estado de emergência e o encerramento das fronteiras de França na sequência do que classificou de "ataques terroristas sem precedentes" no país.

Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC