sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Cidadão francês identificado como possível atacante, avança imprensa francesa

Um cidadão francês, conhecido da polícia e dos serviços de informações, foi identificado pelos investigadores como um dos presumíveis atacantes da sala de espetáculos Bataclan, um dos alvos dos atentados de sexta-feira em Paris, segundo vários 'media' franceses.

© Eric Gaillard / Reuters

O corpo foi identificado pelas impressões digitais, segundo fontes da investigação citadas pela agência France Presse, a rádio Europe 1 e o jornal Libération.

Segundo a Europe 1, trata-se de um jovem natural de Courcouronnes, a cerca de 35 quilómetros de Paris, conhecido da polícia e dos serviços de informações por ligações ao 'jihadismo'.

A sala de espetáculos Bataclan, onde morreram pelo menos 82 pessoas, foi um dos alvos dos vários atentados perpetrados na sexta-feira à noite em Paris, que fizeram pelo menos 128 mortos, um dos quais português, e 300 feridos, 80 deles em estado grave.

A imprensa francesa noticiou por outro lado que, no Stade de France, outro dos alvos, os investigadores encontraram um passaporte sírio e outro egípcio junto de cadáveres que se presume serem de atacantes.

A "pista síria" é uma das hipóteses de trabalho dos investigadores, segundo fontes policiais, que estão a verificar todos os elementos com serviços de informações de outros países, designadamente europeus.

Uma fonte policial tinha dito hoje de manhã à agência France Presse que os bombistas suicidas eram aparentemente "experimentados e bem treinados" e testemunhas dos ataques descreveram-nos como "muito jovens e seguros de si".

A possibilidade de terem treinado e eventualmente passado algum tempo em zonas dominadas por 'jihadistas', nomeadamente na Síria, colocou-se "rapidamente" aos investigadores, segundo fontes policiais citadas pela France Presse.

Lusa

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.