sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Netanyahu garante que Israel está "lado a lado" da França na guerra contra o terrorismo

Israel está "lado a lado" da França na "guerra comum contra o terrorismo", afirmou hoje o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, depois dos atentados de Paris.

"Israel está lado a lado com o presidente François Hollande e com o povo francês na guerra comum contra o terrorismo", disse Netanyahu.

"Israel está lado a lado com o presidente François Hollande e com o povo francês na guerra comum contra o terrorismo", disse Netanyahu.

© Jonathan Ernst / Reuters

"Israel está lado a lado com o presidente François Hollande e com o povo francês na guerra comum contra o terrorismo", disse Netanyahu ao apresentar as condolências, em nome do povo israelita, às famílias das vítimas e desejando uma rápida recuperação dos feridos.

O Presidente francês, François Hollande, anunciou o estado de emergência e o encerramento das fronteiras de França na sequência do que classificou de "ataques terroristas sem precedentes" no país.

O número de mortos do ataque terrorista à sala de espetáculos Bataclan, em Paris, já ascende a 100, informaram fontes policiais, depois de terminada a operação de resgate dos reféns.

François Hollande deslocou-se ao Bataclan para se inteirar da situação. Quando o espaço foi atacado estavam cerca de 1.500 pessoas a assistir a um concerto. Durante ao assalto policial foram mortos três presumíveis terroristas.

Lusa

  • "É preciso despartidarizar o sistema de Proteção Civil", diz Duarte Caldeira
    2:47
  • Homem morreu ao tentar salvar animais das chamas
    2:30
  • Arcebispo de Braga pede responsabilidades pelos incêndios
    1:40

    País

    Braga também sofreu um dos mais violentos incêndios dos últimos anos. O fogo descontrolado atravessou várias freguesias e destruiu duas empresas. A igreja, pela voz do arcebispo de Braga, pede ação e o apuramento de responsabilidades, face a esta calamidade.

  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06