sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Rajoy oferece colaboração das forças de segurança espanholas

O Presidente do Governo de Espanha, Mariano Rajoy, ofereceu hoje "toda a colaboração" dos corpos e forças de segurança espanholas, bem como do executivo a que preside, "na luta sem quartel contra a barbárie terrorista".

© Christian Hartmann / Reuters

"Ante as horríveis notícias sobre os selvagens atentados desta sexta-feira em Paris quero fazer-lhe chegar imediatamente a minha mais enérgica condenação dos mesmos, a solidariedade de Espanha e dos espanhóis para com o povo francês, os nossos mais sentidos pêsames às famílias dos assassinados e os nossos melhores desejos de recuperação para os feridos", indicou Rajoy num telegrama dirigido ao Presidente de França, François Hollande, e o primeiro-ministro francês, Manuel Valls.

Assim, acrescentou Mariano Rajoy, as autoridades francesas "podem contar, naturalmente, com toda a colaboração do Governo [espanhol] e das forças e corpos de segurança espanhóis na luta sem quartel contra a barbárie terrorista".

Vários ataques registados na sexta-feira à noite, em Paris, provocaram a morte a pelo menos 100 pessoas, segundo fontes policiais.

O Presidente francês, François Hollande, decretou o estado de emergência e o encerramento das fronteiras de França na sequência do que classificou de "ataques terroristas sem precedentes" no país.

Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35
  • "O Brexit é um desafio, é um choque negativo para todas as economias"
    1:52