sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Rússia coloca serviços de segurança em alerta máximo

A Rússia colocou os serviços de segurança nacional em alerta máximo na sequência dos ataques terroristas perpetrados em França que provocaram pelo menos 129 mortos, anunciaram este sábado as autoridades russas antiterrorismo.

A Rússia considera que, com as novas ameaças manifestadas em Paris na sexta-feira à noite, "todos os componentes do sistema de segurança russo foram colocados em alerta máximo". (Arquivo)

A Rússia considera que, com as novas ameaças manifestadas em Paris na sexta-feira à noite, "todos os componentes do sistema de segurança russo foram colocados em alerta máximo". (Arquivo)

© Maxim Shemetov / Reuters

"Os órgãos de segurança do nosso país estão a tomar as medidas apropriadas para garantir a segurança dos cidadãos e a proteção contra o terrorismo", indicou o Comité Nacional Antiterrorismo.

A Rússia considera que, com as novas ameaças manifestadas em Paris na sexta-feira à noite, "todos os componentes do sistema de segurança russo foram colocados em alerta máximo".

As autoridades russas também instam os cidadãos do país a exercer "responsabilidade e vigilância" face a estas ameaças do terrorismo internacional.

O presidente Vladimir Putin enviou hoje um telegrama ao homónimo francês François Hollande, no qual apelou à unidade para lutar contra o terrorismo, e ofereceu-se para colaborar com os franceses na investigação dos ataques.

Lusa

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.