sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

França bombardeia "Estado Islâmico", pelo menos 130 mortos

Cerca de 130 pessoas morreram este domingo nos raides que a Força Aérea francesa desenvolveu contra Raqqa, a cidade síria utilizada pelo "Estado Islâmico" como capital.

O Ministério da Defesa francês informou que o ataque incluiu 10 caças aéreos (na imagem), que lançaram 20 bombas.

O Ministério da Defesa francês informou que o ataque incluiu 10 caças aéreos (na imagem), que lançaram 20 bombas.

AMBOISE/ECPAD/SIRPA AIR/HANDOUT

"O primeiro objetivo destruído era utilizado pelo DAESH (sigla árabe do auto proclamado Estado Islâmico) como posto de comando, centro de recrutamento jihadista e depósito de armas e munições. O segundo objetivo era um campo de treino terrorista", refere o ministro da Defesa francês em comunicado.

Doze aparelhos, entre estes 10 caças, partiram ao mesmo tempo dos Emirados Árabes Unidos e da Jordânia e largaram 20 bombas.

"Planeado em locais previamente identificados em missões de reconhecimento realizadas por França, esta operação foi conduzida em coordenação com as forças norte-americanas", lê-se no comunicado.

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.