sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Caça ao homem em Bruxelas termina sem sucesso

Terminou sem sucesso uma operação de grande envergadura em Molenbeek, Bruxelas, com o objetivo de deter Salah Abdeslam, o homem mais procurado no quadro dos atentados terroristas de sexta-feira em Paris. As forças de segurança bloquearam um bairro durante a manhã. Entretanto, cinco dos sete detidos no raide de sábado foram libertados.

© Yves Herman / Reuters

© Yves Herman / Reuters

© Yves Herman / Reuters

A operação decorreu durante quase toda a manhã. A procuradoria federal belga desmentiu entretanto qualquer detenção, incluindo a de Abdeslam, que chegou a ser noticiada pela RTL.

A operação policial, que envolveu forças especiais, ocorre dois dias depois de uma outra que levou à detenção de sete pessoas por suspeita de envolvimento nos atentados terroristas de sexta-feira à noite em Paris, que provocou 129 mortos e mais de 400 feridos. Destas sete pessoas, cinco foram já libertadas, incluindo Mohamed Abdeslam, irmão de um dos bombistas suicidas e de Salah, a figura central desta operação.

Três dos autores dos presumíveis atentados de Paris eram cidadãos franceses que residiam em Molenbeek, uma comuna muito problemática da capital belga e considerada um "ninho" de islamitas radicais. Dois morreram na sexta-feira, enquanto um terceiro, Salah Abdeslam, cuja fotografia foi divulgada no domingo pelas autoridades, está em fuga.

Quem é Salah Abdeslam

Salah Abdeslam, de 26 anos e nacionalidade francesa, ainda que residente na Bélgica, foi quem alugou neste país o carro usado pelos autores do ataque à sala de espetáculos Bataclan, um Volkswagen Polo. Suspeita-se que possa ser o oitavo homem dos comandos jihadistas, além dos sete que se fizeram explodir em Paris, durante os atentados.

23 pessoas detidas e 31 armas apreendidas esta madrugada em França

Entretanto, as autoridades francesas detiveram 23 pessoas para interrogatório e apreenderam 31 armas nas vastas operações de busca desde domingo à noite no quadro do estado de emergência decretado após os atentados de Paris, anunciou o ministro do Interior.

Bernard Cazeneuve disse ainda que nas últimas 48 horas foi decidida a prisão domiciliária para 104 pessoas, alvo de uma atenção particular.

Bombistas-suicidas identificados

Os investigadores identificaram dois novos terroristas suicidas, responsáveis pelos atentados de sexta-feira em Paris, anunciou hoje o procurador de Paris, acrescentando que um dos terroristas identificados, Ahmad Al Mohammad, tinha passaporte sírio e foi localizado na Grécia, em outubro passado.

O segundo, Samy Amimour, é um francês de 28 anos, nascido na periferia parisiense, que a justiça antiterrorista já conhecia e era alvo de um mandado internacional de captura desde 2013, disse o magistrado encarregado do inquérito, François Molins, em comunicado.

Amimour esteve envolvido no massacre de 89 pessoas na sala de espetáculos Bataclan, afirmou.

O primeiro dos autores dos ataques de Paris a ser identificado pela polícia, Ismael Omar Mostefai, é alegadamente filho de uma portuguesa e de um argelino, noticiou no domingo o New York Times, citando o presidente da câmara de Chartres. Mostefai foi um dos atacantes do Bataclan.

Com Lusa

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta esta terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • O preconceito em relação aos transexuais
    34:09
  • "Isto destrói famílias"
    0:46
  • Falta de gado ameaça produção do queijo da Serra da Estrela
    3:35

    País

    A devastação provocada pelos últimos incêndios foi um rude golpe na economia da região Centro do país. Algumas empresas já começaram os trabalhos de reconstrução, mas os produtores de gado temem não conseguir repôr os animais, deixando em risco a produção do queijo Serra da Estrela.

  • Eurodeputados homenageiam vítimas dos fogos
    1:38

    País

    A União Europeia vai doar os 50 mil euros do prémio Princesa das Astúrias às populações afetadas pelos incêndios em Portugal e Espanha. A Comissão Europeia continua a avaliar o pedido ao Fundo Europeu de Solidariedade, mas o pedido deverá ainda ser atualizado para incluir os prejuízos causados pelos incêndios da semana passada.

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.