sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Estado Islâmico tem provavelmente outros ataques em preparação, alerta a CIA

O grupo radical Estado Islâmico (EI) tem provavelmente em preparação outras operações semelhantes aos ataques de Paris, considerou hoje o diretor da CIA, John Brennan.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Reuters Photographer / Reuters

Falando num centro de investigação em Washington, Brennan reforçou não considerar os atentados na capital francesa como "um acontecimento isolado".

O EI "não se contenta em limitar as suas atividades mortíferas ao Iraque e à Síria e em criar 'franchises' locais no Médio Oriente, no sudeste da Ásia e em África, criou um programa de operações exteriores que aplica com efeitos letais", declarou o diretor da agência de informações norte-americana.

"Os serviços de segurança e de informações trabalham com afinco neste momento para ver o que mais conseguem fazer para o revelar", adiantou.

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, afirmou hoje que a França e a Europa se devem preparar para novos atentados, indicando que mais de 150 buscas foram realizadas em solo francês nos meios islamitas desde os ataques em Paris na sexta-feira, que causaram 129 mortos.

O EI, que reivindicou os ataques de Paris, ameaçou hoje realizar atentados semelhantes em outros países que integram a coligação internacional que bombardeia as suas posições no Iraque e na Síria.

Num vídeo difundido na Internet pela filial do movimento na região iraquiana de Kirkuk e cuja autenticidade não pode ser confirmada, o grupo extremista afirmou que vai atacar os Estados Unidos, Austrália, Canadá e Bélgica, entre outros, "se continuarem os bombardeamentos contra os muçulmanos".

"Digo aos países da coligação (liderada pelos EUA) que não vão continuar a viver em segurança até que os muçulmanos vivam em segurança nos seus países", declarou um combatente do EI na gravação.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.