sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

G20 declara luta antiterrorista prioridade e reforça medidas

Os chefes de Estado e de governo do G20 declararam hoje que a luta antiterrorista é "uma prioridade" e decidiram reforçar as medidas contra "os combatentes terroristas estrangeiros".

© Jonathan Ernst / Reuters

No comunicado final, o G20, que integra os países mais desenvolvidos e emergentes, anunciou o reforço da cooperação entre serviços secretos, o aumento da segurança aérea e dos meios de luta contra as fontes de financiamento do terrorismo.

"Estamos preocupados com o atual e crescente fluxo de combatentes terroristas estrangeiros e ameaça que implica para todos os Estados, incluindo países de origem, trânsito e destino", indicou o G20, na sequência dos atentados de sexta-feira à noite em Paris, que causaram 129 mortos e mais de 400 feridos.

Por outro lado, os líderes do G20 pediram a todos os países do planeta que contribuam para a gestão da crise dos migrantes e refugiados.

"Pedimos a todos os Estados que contribuam na resposta a esta crise e na partilha do fardo inerente, nomeadamente em termos de recolocação dos refugiados, direitos de entrada humanitária e ajuda humanitária", indicou a declaração final.

Os líderes políticos também reconhecem que "a crescente desigualdade" social é motivo de preocupação e pode colocar em risco a coesão social e as perspetivas futuras de crescimento.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) tinha alertado, antes desta cimeira, que a desigualdade era um motivo de preocupação, já que regista os níveis mais altos das últimas décadas nas economias desenvolvidas, enquanto a situação nos países emergentes é ainda pior.

Os líderes dos países do G20 adotaram uma normativa para favorecer a transparência fiscal e dificultar a engenharia financeira de grandes empresas, bem como uma regulação bancária desenhada para evitar futuros resgates ao setor.

Os dirigentes do G20 reconhecem que o crescimento mundial está abaixo das expectativas, advertindo para "riscos e incertezas" nos mercados financeiros, além de "desafios geopolíticos" que ameaçam a economia, de acordo com o comunicado final.

Lusa

  • Marcelo já teve alta após "queda abrupta de tensão"
    2:53
  • Jorge Jesus emocionado à partida para o Al Hilal
    1:26

    Desporto

    O treinador Jorge Jesus está de partida para a Arábia Saudita, onde vai orientar o Al Hilar. Este sábado, no Aeroporto de Lisboa, emocionou-se quando questionado sobre o que mais lhe custa deixar: "a família e os amigos". Mas também se mostrou certo de que em breve voltará a Portugal.

  • México bate Coreia do Sul e está quase apurado

    Mundial 2018 / República da Coreia

    O México derrotou este sábado a Coreia do Sul por 2-1, na 2.ª jornada do grupo F, e ficou perto de garantir a passagem aos oitavos-de-final.

  • Bélgica goleia Tunísia e fica muito perto dos oitavos

    Mundial 2018 / Bélgica

    A Bélgica derrotou este sábado a Tunísia por 5-2, na 2.ª jornada do grupo G, e ficou muito perto de garantir o apuramento para os oitavos-de-final do campeonato do mundo. Veja aqui os golos e os principais lances do encontro.

  • Moutinho continua sem treinar, Raphael Guerreiro recuperou
    1:35
  • Portugal quer atrair imigrantes
    1:28
  • A opinião de Francisco Louçã
    14:51

    Opinião

    No habitual espaço de comentário semanal na Edição da Noite, Francisco Louçã analisou o Serviço Nacional de Saúde, o imposto sobre os combustíveis, a guerra entre professores e Governo e a lei das rendas.