sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Instituições europeias sobem nível de alerta nos edifícios de Bruxelas

A Comissão Europeia e o Parlamento Europeu decidiram hoje aumentar o nível de alerta nos seus edifícios em Bruxelas, de branco para amarelo, depois dos atentados em Paris, na passada sexta-feira à noite.

© Yves Herman / Reuters

Uma nota da Comissão Europeia refere que, apesar de as autoridades belgas não terem subido o novel de alerta do país, foi decidido passá-lo de branco para amarelo nos edifícios do executivo comunitário, como medida de precaução.

"Apesar de a Comissão não ter conhecimento de qualquer ameaça específica contra Instituições europeias, decidi, em coordenação com o presidente [Jean-Claude Juncker], aumentar o novel de alerta de branco para amarelo, como medida preventiva", escreveu a comissária europeia para os Recursos Humanos, Kristalina Georgieva, numa nota a que a agência Lusa teve acesso.

Também o Parlamento Europeu, segundo uma nota de imprensa, aumentou para amarelo o novel de alerta e decidiu encerrar algumas das entradas na sua sede em Bruxelas, incluindo a da imprensa.

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou no sábado, em comunicado, os atentados de sexta-feira em Paris, que fizeram pelo menos 129 mortos e mais de 400 feridos.

Os ataques, perpetrados por pelo menos sete terroristas, que morreram, ocorreram em vários locais da cidade, entre eles uma sala de espetáculos e o Stade de France, onde decorria um jogo de futebol entre as seleções de França e da Alemanha, com a presença do chefe de Estado francês, François Hollande.

A França decretou o estado de emergência e restabeleceu o controlo de fronteiras na sequência daquilo que o Presidente François Hollande classificou como "ataques terroristas sem precedentes no país".

Lusa

  • Prosseguem buscas por condutor da carrinha no ataque em Barcelona
    2:38