sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Presidente turco pede para não se confundir terrorismo e refugiados

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, pediu hoje, no encerramento da cimeira do G20, que não se confunda o problema do terrorismo com a crise dos refugiados.

DENIZ TOPRAK

"Temos que tratar ao mesmo tempo do terrorismo e da crise dos refugiados, mas não devemos misturar o terrorismo com o problema dos refugiados, que é um problema humano", disse Erdogan, no final da reunião dos representantes do G20, que junta as principais economias avançadas e emergentes do mundo.

"Na Síria, devem ser dados, sem demora, passos humanitários e de segurança", pediu, num encontro com a imprensa, após o qual deu como encerrado o ano da presidência turca do G20.

Depois de voltar a enviar as condolências a França, Erdogan sublinhou que "o terrorismo não tem religião, etnia ou país" e pediu uma "luta contra todas as organizações sem diferenciar entre elas", referindo-se expressamente ao grupo extremista Estado Islâmico (EI), à rede terrorista Al-Qaida e ao Boko Haram, grupo fundamentalista que atua na Nigéria, e também à guerrilha curda marxista PKK (Partido dos Trabalhadores do Curdistão, ilegalizado) e ao PYD, milícia curda do norte da Síria que só a Turquia define como terrorista.

O comunicado final do G20 sublinha a decisão dos líderes mundiais de lutarem contra o terrorismo, sem mencionar qualquer grupo em concreto, embora condenando dois atentados, os de sexta-feira à noite em Paris e o de Ancara, a 10 de outubro.

Erdogan declarou que "a barbárie do EI não tem nada a ver com o islão" e considerou a luta contra este grupo "uma responsabilidade comum".

O presidente turco pediu que não fosse esquecido que os refugiados sírios fogem tanto do EI, como do regime do chefe de Estado sírio, Bashar al-Assad, que "massacra o seu próprio povo".

Neste sentido, a conferência sobre a paz na Síria, que terminou no sábado em Viena, "é passo em direção à esperança de estabelecer uma Síria democrática", afirmou.

Lusa

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".