sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Prince adia digressão europeia após atentados de Paris

O cantor norte-americano Prince decidiu adiar a digressão europeia, que deveria iniciar-se a 24 deste mês, devido aos atentados de sexta-feira em Paris, indicou hoje o produtor francês.

© Chris Pizzello / Reuters

"Devido aos trágicos acontecimentos ocorridos em Paris, os organizadores decidiram adiar a digressão europeia", disse à France Presse fonte da empresa Interconcerts, mensagem que está no sítio da sala de espetáculos de Konzerthaus, em Viena, onde Prince deveria começar a digressão, a 24 deste mês.

A digressão europeia é a primeira que o "Kid de Minneapolis" contava fazer a solo, ao piano, ao longo de 15 datas em 12 países, entre eles França, Bélgica, Espanha, Reino Unido ou Suíça.

O espetáculo em Paris estava previsto para a Ópera Garnier, em dezembro.

Desde os atentados de sexta-feira que vários são os artistas ou bandas que cancelaram espetáculos na Europa, como os dos U2, Foo Fighters, Marilyn Manson, Mercury Ver, The Do, Nekfeu ou Soprano.

Um dos principais alvos dos atentados em Paris, que causaram 129 mortos e mais de 350 feridos, foi a sala de espetáculos Bataclan, onde atuava o grupo californiano Eagles of Metal Death.

Só aí, o atentado provocou 89 mortos.

Lusa

  • As mulheres na clandestinidade durante o Estado Novo
    7:32

    País

    Não se sabe quantas mulheres portuguesas viveram na clandestinidade durante o Estado Novo, mas estiveram sempre lado a lado com os homens que trabalhavam para o Partido Comunista na luta contra a ditadura. Aceitavam serem separadas dos filhos e mudarem de identidade várias vezes ao longo dos anos. A história de algumas destas mulheres estão agora reunidas num livro que acaba de ser lançado.