sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Wembley vai cantar "A Marselhesa" no Inglaterra-França

As 80.000 pessoas que na terça-feira vão lotar o Estádio de Wembley, em Londres, para o particular de futebol Inglaterra-França, vão entoar "A Marselhesa", o hino gaulês, em memória das vítimas dos atentados de Paris.

© Paul Hackett / Reuters

A Federação Inglesa de Futebol (FA) revelou hoje que os placards eletrónicos do estádio vão projetar a letra do hino nacional francês, para que todos os adeptos no mítico estádio possam cantá-lo.

"Claro que desafio a todos os adeptos que cantem o hino francês. Sei que não será fácil, mas há que tentar", disse Roy Hodgson, selecionador inglês.

O técnico manifestou-se convencido de que este desafio "será uma clara demonstração de que o Mundo do futebol está unido contra estas atrocidades".

Até instantes antes do desafio, previsto para as 19:45, o célebre arco de Wembley vai exibir as cores branca, vermelha e azul da bandeira da França, enquanto na fachada e laterais do estádio estará exibida a expressão "Liberdade, Igualdade e Fraternidade", o lema oficial da República Francesa.

"Estou convencido de que a seleção e todos os nossos adeptos vão mostrar a sua solidariedade com os nossos colegas Francês e os apoiarão nestes momentos tao complicados", concluiu Roy Hodgson.

O organismo anunciou ainda que a seleção inglesa, capitaneada por Wayne Rooney, homenageará as 129 vítimas mortais dos ataques terroristas de sexta-feira, reivindicados no sábado pelo grupo terrorista Estado Islâmico.

De acordo com o último balanço feito pelos hospitais, das 415 pessoas que foram atendidas nos hospitais após os ataques, pelo menos 42 feridos continuavam no domingo à tarde em vigilância intensiva em unidades de reanimação.

Os ataques, perpetrados por pelo menos sete terroristas, que morreram, ocorreram em vários locais da cidade.

A França decretou o estado de emergência e restabeleceu o controlo de fronteiras na sequência daquilo que o Presidente François Hollande classificou como "ataques terroristas sem precedentes no país".

Lusa

  • Seleção francesa joga amanhã com Inglaterra em Londres
    2:41

    Ataques em Paris

    Londres cumpriu 2 minutos de silêncio em memória das vítimas dos atentados de Paris. Amanhã, a seleção francesa volta a entrar em campo em Londres num jogo rodeado de particulares medidas de segurança depois do que aconteceu na sexta-feira no Stade de France. A jornalista da SIC Filipe Pereira dá conta do ambiente que se vive na capital britânica.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.