sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

David Cameron assiste ao jogo Inglaterra-França

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, vai assistir hoje ao jogo particular de futebol Inglaterra-França, no Estádio de Wembley, em Londres, numa manifestação de solidariedade na sequência dos atentados de Paris, anunciou um porta-voz.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Phil Noble / Reuters

Inicialmente, não estava previsto que David Cameron marcasse presença neste jogo, mas, de acordo com o porta-voz, "o primeiro-ministro vai participar em todas as homenagens" que serão prestadas às vítimas dos ataques de sexta-feira, que provocaram pelo menos 129 mortos, entre os quais dois portugueses.

No Estádio de Wembley, que está decorado com as cores da bandeira gaulesa e exibe na sua fachada o lema da República Francesa, 'Liberdade, Igualdade e Fraternidade', está prevista a observação de um minuto de silêncio e a entoação do hino francês, 'A Marselhesa', antes do início do encontro.

"Este jogo vai em frente. Estamos todos juntos... mais vez, unidos vamos vencer", afirmou Cameron, um pouco mais tarde, no parlamento inglês.

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou no sábado os atentados de sexta-feira, que, além das vítimas mortais, causaram centenas de feridos. De acordo com o último balanço feito pelos hospitais, no domingo, das 415 pessoas que foram atendidas nos hospitais após os ataques, pelo menos 42 continuavam no domingo à tarde em vigilância intensiva em unidades de reanimação.

Os ataques, perpetrados por pelo menos sete terroristas, que morreram, ocorreram em vários locais da cidade, entre eles uma sala de espetáculos e o Stade de France, onde decorria um jogo de futebol particular entre as seleções de França e da Alemanha.

A França decretou o estado de emergência e restabeleceu o controlo de fronteiras na sequência daquilo que o presidente François Hollande classificou como "ataques terroristas sem precedentes no país".

Lusa

  • Habitantes de Várzeas tentam regressar à normalidade
    2:48
  • Daesh divulga imagens da destruição da mesquita de Mossul
    1:58
  • "Podemos ser atendidos por um médico branco?"
    0:58