sicnot

Perfil

Ataques em Paris

França recebe "apoio unânime" da UE para assistência militar

França recebe "apoio unânime" da UE para assistência militar

A UE e os Estados-membros apoiaram unanimemente o pedido de assistência militar feito pela França, na sequência dos atentados de Paris, anunciou hoje a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini. O Presidente francês, François Hollande, recorreu segunda-feira ao artigo 42-7 dos tratados europeus, que prevê uma cláusula de solidariedade em caso de agressão contra um país da UE.

  • Irmão de dois dos suspeitos de Paris assume estar em choque
    2:49

    Mundo

    Um dos irmãos de dois dos suspeitos dos atentados em Paris já falou aos jornalistas. Garante que nenhum deles tinha levantado suspeitas e diz que está em choque. É irmão de um dos homens mais procurados do momento, Salah Abdeslam, que está em fuga e terá sido o responsável por toda a logística dos atentados.

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC