sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Inglaterra vence França em jogo particular marcado pelas homenagens às vítimas de Paris

A Inglaterra venceu esta terça-feira a França por 2-0, num jogo particular de futebol disputado no Estádio de Wembley, em Londres, marcado por diversas homenagens às vítimas dos atentados terroristas de sexta-feira em Paris.

© Reuters Staff / Reuters

Os golos ingleses foram marcados por Dele Alli, aos 39 minutos, e Wayne Rooney, aos 48 minutos.

Antes do início da partida, o hino francês foi entoado em coro pelos milhares de espetadores presentes em Wembley.

A letra da 'Marselhesa' foi exibida nos ecrãs gigantes do estádio londrino, decorado com as cores da bandeira francesa e com a inscrição da divisa francesa 'Liberdade, Igualdade, Fraterindade' exibida na fachada principal.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, marcou presença em Wembley para assistir ao jogo particular, numa manifestação de solidariedade na sequência dos atentados de Paris.

Antes da entoação dos hinos, o príncipe William e os dois selecionadores, Didier Deschamps e Roy Hodgson, depuseram uma coroa de flores no recinto.

Foi ainda observado um minuto de silêncio, com os jogadores e os árbitros dispostos em redor do círculo central do campo.

O grupo radical sunita "Estado Islâmico" reivindicou no sábado os atentados perpetrados na sexta-feira em Paris, que causaram pelo menos 129 mortos, entre os quais dois portugueses, e mais de 300 feridos.

Os ataques, perpetrados por pelo menos sete terroristas, ocorreram em vários locais da cidade, entre eles uma sala de espetáculos e o Stade de France, onde decorria um jogo de futebol entre as seleções de França e da Alemanha.

A França decretou o estado de emergência e restabeleceu o controlo de fronteiras na sequência daquilo que o presidente François Hollande classificou como "ataques terroristas sem precedentes no país".

Lusa

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.

  • PSD e CDS têm caminhos diferentes
    1:22

    País

    Assunção Cristas já respondeu a Pedro Passos Coelho, depois de o líder do PSD ter recusado apoiar a candidatura da líder do CDS à Câmara de Lisboa. Cristas diz que os dois partidos têm caminhos diferentes. O PSD continua sem apresentar candidato. Contudo, Marques Mendes revelou que Passos Coelho convidou José Eduardo Moniz a candidatar-se à Câmara de Lisboa.