sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Novo ataque aéreo francês na Síria

A aviação francesa voltou a bombardar, esta noite, o principal reduto do grupo extremista Estado Islâmico (EI) no norte da Síria, destruindo um centro de comando e um centro de treino, anunciou o Estado-maior das forças armadas de França.

© Charles Platiau / Reuters

"As forças armadas francesas levaram a cabo, pela segunda vez no espaço de 24 horas, um raide aéreo contra o Daesh [acrónimo do Estado Islâmico em árabe] em Raqqa, na Síria", informou o Estado-maior, em comunicado.

A aviação francesa tinha já na madrugada de segunda-feira realizado bombardeamentos contra a cidade de Raqqa, em resposta a vários atentados terroristas em Paris na noite de sexta-feira, e nos quais morreram pelo menos 129 pessoas e mais de 400 ficaram feridas.

O ataque, efetuado às 00:30 em Lisboa (01:30 em França), foi realizado por "dez aviões caça - Rafale e Mirage 2000 - a partir dos Emirados Árabes Unidos e da Jordânia", os quais lançaram 16 bombas, numa missão semelhante à realizada na madrugada de segunda-feira.

"Os dois alvos foram atacados e destruídos em simultâneo", refere o comunicado.

"Conduzido em coordenação com as forças norte-americanas, o raide visou locais identificados durante missões de reconhecimento previamente realizadas pela França", segundo o mesmo texto.

O Presidente francês François Hollande anunciou que a resposta de França seria "implacável" após os atentados de sexta-feira, os mais sangrentos cometidos em território francês.

Os atentados de Paris foram reivindicados pelo grupo extremista que se autodesigna Estado Islâmico.

Desde os atentados de sexta-feira, Estados Unidos e França decidiram aumentar as suas trocas de reconhecimento sobre potenciais alvos.

A França vai intensificar as suas operações contra o Estado Islâmico na Síria graças às informações obtidas e à deslocação do porta-aviões Charles-de-Gaulle, que vai triplicar a sua capacidade de realizar ataques.

Com Lusa

  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • As novas rotas da TAP em 2017
    1:59

    Economia

    No próximo ano, a TAP vai passar a voar para o Canadá. Além de Toronto, a companhia aérea vai também abrir cinco novas rotas para a Europa e aumentar algumas frequências. Fique a conhecer quais são.

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54