sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Fim da operação policial nos arredores de Paris, 2 mortos e 7 detenções

Uma operação policial de larga escala em Saint-Denis, a norte da capital francesa, terminou hoje com dois mortos e sete pessoas detidas. O raide, relacionado com os atentados de sexta-feira, terá sido despoletado por suspeitas da preparação de um novo ataque. Foi montado um cerco a um apartamento onde as autoridades acreditavam que poderia estar Abdelhamid Abaaoud, o alegado cérebro dos ataques.

IAN LANGSDON/ EPA

IAN LANGSDON

© Jacky Naegelen / Reuters

© Christian Hartmann / Reuters

© Christian Hartmann / Reuters

© Christian Hartmann / Reuters

© Christian Hartmann / Reuters

© Benoit Tessier / Reuters

O raide durou mais de sete horas. Um porta-voz do governo francês anunciou o fim da operação policial em Saint-Denis e, no local, o procurador François Molins disse aos jornalistas que as forças que conduziram a operação suspeitavam de que Abdelhamid Abaaoud, um dos cabecilhas dos ataques que fizeram 129 mortos e cujo paradeiro se julgava ser a Síria, estaria no apartamento visado.

A televisão France 2 avançou entretanto que a operação policial foi desencadeada após informações de que estaria a ser planeado um ataque ao bairro financeiro de La Defense.

duas mortes confirmadas. Uma delas é uma mulher que se fez explodir, no interior do apartamento cercado, logo no arranque do assalto. A mulher bombista suicida era familiar de Abdelhamid Abaaoud, segundo a BFMTV. Uma terceira morte chegou a ser noticiada por vários media francesas.

Pelo menos cinco agentes da polícia ficaram feridos, sem gravidade, segundo a BBC. De acordo com a BFMTV, também um cão polícia foi morto, chamado Diesel e com 7 anos de idade.

As autoridades atualizaram o número de detenções para sete. Antes, a polícia tinha adiantado que deteve três pessoas no apartamento, ainda não identificadas. Duas pessoas foram detidas em apartamentos do mesmo prédio. Outro homem e outra mulher foram detidos nas imediações.

Um dos detidos será Jawad Ben Dow, o dono do apartamento, que alega não conhecer os alegados terroristas. Antes de ser levado pela polícia, deu uma entrevista à BFMTV.

Assalto começou de madrugada

Durante a madrugada foram ouvidas o que pareciam ser explosões na zona de Saint-Denis, a cerca de 2 km do Estádio de França, um dos sítios visados nos atentados da semana passada. As explosões e os tiros começaram por volta das 4:30 (3:30 em Lisboa).

Em todo o bairro de Saint-Denis o aparato policial é forte. A circulação de transportes na zona esteve suspensa e as escolas não vão abrir hoje por questões de segurança. A polícia recomendou que os moradores permanecessem em casa.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.

  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.