sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Paris queixa-se de falta de coordenação europeia contra o terrorismo

O porta-voz do Governo francês queixou-se hoje que a "Europa funciona sem coordenação" na luta contra o terrorismo, sublinhando que França está "muito determinada em obter objetivos" no Conselho de Ministros da Justiça e Interior.

© Jacky Naegelen / Reuters

"É necessário que, a nível europeu, se mude a forma como trabalhamos juntos", sublinhou Stéphane Le Foll numa entrevista ao canal France 2.

O porta-voz recordou os pedidos franceses aos seus parceiros europeus no Conselho de Ministros de hoje em Bruxelas: a adoção do dispositivo de registo dos passageiros aéreos, a partilha de ficheiros judiciais e "uma política mais coerente" contra o tráfico de armas.

Paris reclama também um reforço do controlo das fronteiras e uma partilha das informações dos serviços secretos.

Questionado sobre se vai prolongar o controlo das fronteiras francesas, incluindo os países da zona Schengen, decretado duas horas depois dos ataques terroristas em Paris na passada sexta-feira, o porta-voz disse que será feito "o que for necessário".

Lusa

  • Autoridades montam grande operação com rusgas em vários pontos de França
    1:39

    Ataques em Paris

    As autoridades têm montada uma grande operação com rusgas em vários pontos de França. A polícia francesa procura mais pistas sobre os terroristas, ao mesmo tempo que os familiares das vítimas começam a preparar os funerais.Em Paris continua esta noite a mega operação montada pelas forças de segurança francesas. As rusgas continuam em todo o território como nos relata o enviado especial da SIC, Rui Pedro Reis.

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".