sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Recolher obrigatório imposto numa cidade no centro de França

O recolher obrigatório foi imposto, pela primeira vez em dez anos, numa pequena cidade no centro de França, Sens, em virtude do estado de emergência decretado após os atentados de 13 de novembro em Paris.

(arquivo)

(arquivo)

© Benoit Tessier / Reuters

A medida, que impede a circulação entre as 22:00 e as 06:00, abrange todos os moradores de um bairro sensível desta cidade, com cerca de 25 mil habitantes, e foi instaurado após a apreensão de armas e documentos falsos na noite passada.

No âmbito do estado de emergência, os autarcas têm a possibilidade de "interditar a circulação de pessoas ou veículos" em certos locais ou a determinadas horas. Esta medida não era utilizada desde os tumultos urbanos em 2005.

Após os ataques de jihadistas que fizeram 130 mortos em Paris - de acordo com um balanço mais recente -, perto de 800 investigações foram realizadas, segundo o ministro do Interior. O primeiro-ministro revelou que 157 pessoas ficaram em prisão domiciliária.

A operação policial incidiu particularmente na mesquita Sunnah em Brest (oeste), indicou a autarquia local. É nesta mesquita que exerce o imã salafista Rachid Abou Houdeyfa, que surge nos vídeos sobre os fundamentalistas que têm sido repetidamente divulgados nas redes sociais.

Hoje de manhã, a casa e um carro de um primo de Fabien Clain, o jihadista cuja voz surge no vídeo que reivindica os ataques do grupo extremista Estado Islâmico, também foram alvo de uma operação policial, em Orne, oeste de Paris, tendo sido encontradas "várias armas".

Na quarta-feira, um homem "suspeito de apoiar o movimento islamista radical", residente em Feyzin, na região de Lyon (centro-leste), foi detido após a descoberta no seu domicílio de um "arsenal de guerra", incluindo um lança-foguetes, de acordo com uma fonte judicial.

As operações administrativas, sem passar pela autoridade judiciária, são possíveis pelo estado de urgência, que será prolongado por três meses.

Lusa

  • Desconhece-se a identidade do terceiro corpo encontrado em Saint-Denis
    2:52

    Ataques em Paris

    O ataque das forças policiais francesas há dois dias em Saint Denis fez três mortos. Entre eles está o cérebro de todas as operações. Também uma prima de Abdelhamid Abaoud. Não se sabe a identidade do terceiro. Numa altura em que continuam as buscas para se encontrar Sala Abdeslamn, o presumível terrorista que continua a monte desde a semana passada.

  • Controlo das fronteiras na UE será reforçado
    1:42

    Ataques em Paris

    Os ministros do Interior da França e da Bélgica querem um reforço no controlo das fronteiras dentro da União Europeia e a criação de um sistema de registo de passageiros. São duas das medidas que estão hoje em discussão na reunião dos ministros do Interior e Administração Interna da União. O Parlamento Europeu não se tem mostrado disponível para discutir estas medidas mas os atentados de Paris podem alterar esta posição.

  • Mentor dos ataques de Paris recrutou combatentes em países europeus
    2:41

    Ataques em Paris

    O cérebro de toda esta operação, apesar de referenciado pelas autoridades europeias, e mesmo tempo um mandando de captura, conseguiu circular um pouco por toda a Europa. Na altura dos atentados em Paris, e apesar de se pensar que estava na Síria, estava afinal nos arredores da capital francesa. Terá recrutado homens e mulheres em Espanha e viajado para a Turquia com o consentimento das autoridades alemãs.

  • Explosão no aeroporto de Damasco

    Mundo

    Uma explosão de grandes dimensões atingiu, esta manhã, o aeroporto de Damasco, na capital Síria. O ataque terá sido realizado pelas forças israelitas.

    Em atualização

  • Habitantes de Almeida barricaram-se durante seis horas em agência da CGD
    2:31

    País

    Perto de 100 pessoas estiveram esta quarta-feira barricadas na agência da Caixa Geral de Depósitos em Almeida, distrito da Guarda. O protesto contra o encerramento da agência só terminou quase seis horas depois, com a garantia que os autarcas serão recebidos na próxima terça-feira pela Administração do banco público. 

  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e a organização espera ter 60 mil participantes.

  • Ivanka Trump vaiada por defender o pai durante debate sobre igualdade de género
    1:51

    Mundo

    Com o propósito de criar pontes com Donald Trump, a chanceler alemã Angela Merkel convidou a filha mais velha do Presidente norte-americano para participar numa cimeira. No entanto as coisas não correram muito bem e Ivanka Trump foi vaiada pela audiência por ter defendido o pai quando o assunto era a igualdade de género. 

  • Papa apelou à revolução da ternura
    0:52
  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.

  • Diário de John F. Kennedy vendido por 660 mil euros

    Mundo

    Um diário escrito por John F. Kennedy quando jovem, durante uma curta passagem pelo jornalismo, depois da II Guerra Mundial, foi vendido por mais de 700 mil dólares (642 mil euros), informou esta quarta-feira uma casa de leilões.