sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Bélgica aumenta alerta de terrorismo para nível máximo

galeria de fotos

A Bélgica aumentou para o nível máximo o alerta de terrorismo, que significa "ameaça iminente", anunciaram hoje as autoridades belgas. O primiero-ministro belga, Charles Michel, disse esta manhã que o alerta máximo se baseou em "informações precisas" de que existe uma ameaça elevada de ataques com "armas e explosivos".

O dispositivo policial e militar que patrulha as ruas de Bruxelas foi reforçado.

O dispositivo policial e militar que patrulha as ruas de Bruxelas foi reforçado.

© Youssef Boudlal / Reuters

© Youssef Boudlal / Reuters

© Francois Lenoir / Reuters

© Youssef Boudlal / Reuters

© Youssef Boudlal / Reuters

© Francois Lenoir / Reuters

© Francois Lenoir / Reuters

© Francois Lenoir / Reuters

© Francois Lenoir / Reuters

© Youssef Boudlal / Reuters

De acordo com o diário belga La Dernière Heure, "um importante arsenal de explosivos e produtos químicos" terá sido descoberto pela polícia belga em operações de buscas realizadas na sexta-feira à noite na comuna de Molenbeek, informação ainda não confirmada pelas autoridades.

Apelando à população para estar "prudente e vigilante mas sem entrar em pânico", Charles Michel anunciou a entrada em vigor de medidas imediatamente operacionais em quatro domínios: a diminuição do número de grandes eventos públicos, restrições em matéria de transportes públicos, reforço da capacidade de mobilização de polícias e militares, e a abertura de uma linha telefónica (1771) dirigida ao centro de crise.

"Recomendamos à população que respeite o conjunto de conselhos de segurança e se mantenha informada, utilizando as vias de comunicação oficiais", declarou o primeiro-ministro em conferência de imprensa, hoje, em Bruxelas.

"Após a última avaliação, o gabinete de crise aumentou o alerta para o nível quatro, o que significa uma séria ameaça na região de Bruxelas", refere a declaração divulgada uma semana após os ataques do Daesh em Paris e que fez 130 mortos.

"A análise que foi efetuada demonstra uma ameaça séria que requer medidas específicas de segurança assim como a divulgação de recomendações especiais junto da população", acrescenta o gabinete de crise que depende do Ministério do Interior.

Em Bruxelas, a circulação do Metro vai estar suspensa ao longo deste sábado. A empresa de transportes públicos de Bruxelas STIB explicou que a situação será avaliada diariamente, e que não afecta os autocarros.

O Centro de Crises belga tinha aconselhado o Governo da região de Bruxelas a interromper a circulação do metro no fim de semana.

Segundo o Centro, é importante difundir o quanto antes a informação do aumento do alerta de segurança "para que toda a gente esteja informada a partir desta manhã".

O Centro de Crises aconselha também as autoridades administrativas dos 19 distritos da região de Bruxelas a cancelar grandes eventos e a levar a cabo "uma comunicação dirigida à população" para que evitem lugares com grandes ajuntamentos de pessoas.

(EM ATUALIZAÇÃO)

  • PM belga diz que há um risco muito elevado de ataques com armas e explosivos
    2:23

    Ataques em Paris

    A Bélgica aumentou para o nível máximo o alerta de ameaça terrorista. Em Bruxelas, a circulação do Metro vai estar suspensa ao longo do dia e há centenas de polícias e militares nas ruas. Após uma última análise, o gabinete de crise coloca agora em 4 o nível de alerta perante uma ameaça iminente de atentado. O primeiro ministro, Charles Michel, disse que os serviços de informações consideram que há um risco muito elevado de ataques com armas e explosivos na região da capital.

  • O encontro emocionado de Marcelo com a mãe de uma das vítimas dos fogos
    0:30
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10
  • As comunicações entre operacionais no combate às chamas em Viseu
    2:27
  • Houve "erros defensivos que normalmente a equipa não comete"
    0:38

    Desporto

    No final do jogo, quando questionado sobre a ausência de Casillas no onze do FC Porto, Sérgio Conceição referiu que a equipa apresentada era aquela que lhe oferecia garantias. Quanto ao jogo, o treinador portista reconheceu que a equipa cometeu vários erros defensivos.

  • "Cometemos erros e há que tentar corrigi-los"
    0:41

    Desporto

    No final do jogo em Leipzig, Iván Marcano desvalorizou a ausência de Iker Casillas e entendeu que o facto de o guarda-redes ter ficado no banco não teve impacto na equipa. Já sobre o jogo, o central espanhol garantiu que não correu da forma como os jogadores esperavam.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.