sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Operação antiterrorismo em Bruxelas terminou com 16 detenções

Em Bruxelas, várias zonas da capital belga como a Grand-Place, Molenbeek, Etterbeek e Schaerbeek foram passadas a pente fino pela polícia, em colaboração com o exército. Até ao momento, e segundo a informação revelada pelo procurador belga, 16 pessoas foram detidas.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Yves Herman / Reuters

No total foram realizados 19 raides pela polícia, em diversos locais considerados suspeitos, numa operação que juntou esforços da polícia e também de forças militares.

Segundo as autoridades da Bélgica, Salah Abdeslam, alegado mentor dos ataques de Paris, não está entre os detidos e continua assim em fuga, em paradeiro incerto.

A polícia confirma que intercetou esta noite um carro que tentou abalroar em Molembeek, mas não se tratava do alegado mentor dos ataques de Paris. Salah Abdeslam continua em fuga.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48