sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Cérebro dos atentados de Paris voltou à zona de bares e restaurantes

O cérebro dos atentados de Paris voltou à zona de bares e restaurantes da capital francesa onde homens armados e um bombista suicida mataram várias pessoas. A revelação foi feita hoje em conferência de imprensa pelo procurador de Paris.

© Handout . / Reuters

François Molins diz que o telemóvel que Abdelhamid Abaaoud terá usado foi detetado junto à sala de espectáculos Bataclan durante o ataque que matou mais de 100 pessoas e nos bairros onde aconteceram os outros ataques.

Abaaoud acabou por morrer no raide que a polícia fez dias depois numa casa de Saint Denis, no norte de Paris. O procurador da capital francesa revelou também que o senhorio da casa teria consciência de que estava a ajudar suspeitos de terrorismo. O procurador diz que é impossível que o homem não soubesse e, por isso, vai pedir a um juíz para que seja aberto um inquérito em que se apure qual o papel do senhorio nos atentados.

  • França divulga imagens de ataques aéreos sobre Raqqa
    0:39

    Daesh

    França divulgou imagens dos mais recentes ataques aéreos na Síria. O vídeo mostra os aviões militares franceses a bombardear vários locais da cidade de Raqqa, bastião do Daesh. Nas imagens a preto a branco, é possível reconhecer alguns edifícios que explodiram. Também o Reino Unido está a preparar-se para começar ataques aéreos na Síria. David Cameron diz que só falta a aprovação parlamentar, que deve acontecer ainda esta semana.

  • Bruxelas continua a meio gás mas há mais pessoas na rua
    2:05

    Mundo

    A capital da Bélgica continua em alerta máximo de terrorismo. Apesar de muitos serviços e transportes ainda estarem encerrados em Bruxelas, a população já saiu mais à rua hoje e parece mais tranquila, como constatou a correspondente da SIC, Susana Frexes.

  • Hollande diz que é urgente encerrar a fronteira entre a Turquia e a Síria
    1:01

    Daesh

    O Presidente francês anunciou que os Estados Unidos e França vão intensificar os ataques contra o Daesh na Síria e no Iraque. François Hollande disse também que é urgente encerrar a fronteira entre a Turquia e a Síria para evitar deslocações de extremistas. O Presidente francês já está, assim, nos Estados Unidos. François Hollande aterrou ao início da tarde na base aérea de Andrews, nos arredores de Washington. Partiu depois para a Casa Branca, onde reuniu com Barack Obama, na sala oval.

  • Passos explica porque se sentiu irritado com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o Presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas de que foi alvo.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.