sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Dono da casa usada pelos terroristas em Saint-Denis ouvido hoje em tribunal

O proprietário da casa usada pelos terroristas no bairro de Saint-Denis, nos arredores de Paris, é hoje ouvido por um juiz. É, de resto, o único dos 8 detidos no raide policial da passada quarta-feira que continua sob a custódia das autoridades.

Jawad Ben-daoud, proprietário da casa usada pelos terroristas no bairro de Saint-Denis, nos arredores de Paris.

Jawad Ben-daoud, proprietário da casa usada pelos terroristas no bairro de Saint-Denis, nos arredores de Paris.

Jawad Ben-daoud chegou a ser entrevistado no dia do raide policial e mostrou-se surpreendido plos acontecimentos. Negou sempre qualquer relação com os terroristas nomeadamente com o marroquino-belga Abdelhamid Abaaoud- considerado o cérebro dos atentados de Paris e que morreu no apartamento.

A polícia descobriu entretanto que Ben-daoud saiu da prisão em 2013 depois de ser condenado a oito anos de cadeia, pelo homicídio de um jovem de 16.

Ben-daoud é então ouvido hoje pela justiça francesa, quase uma semana depois de ter sido detido em Saint-Denis e daqui pode sair uma acusação formal contra o homem que cedeu o apartamento aos jihadistas do Daesh (autoproclamado Estado Islâmico) que reivindicou os atentados de Paris que mataram mais de 130 pessoas e deixou feridas mais de 350.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.