sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Responsável pelos ataques preparava outro atentado ao bairro financeiro de Paris

Abdelhamid Abaaoud e outro terrorista morto durante o assalto da polícia francesa a um apartamento em Saint Denis na quarta-feira tencionavam cometer um atentado suicida no bairro financeiro de Paris, afirmou hoje o procurador de Paris, François Molins.

Uncredited

O assalto das forças da ordem era dirigido contra o belga Abdelhamid Abaaoud, considerado o cérebro dos atentados de Paris de 13 de novembro, dos quais resultaram 130 mortos e mais de 300 feridos.

Na sequência do assalto, Abaaoud morreu, bem como uma prima, Hasna Aitboulahcen, e um terceiro homem que se soube não estar registado pela polícia, depois de comparar o ADN com o Ficheiro Nacional Automático de Dados Genéticos (FNAEG, nas siglas en francês).

O atentado em La Defense deveria ter ocorrido no mesmo dia do assalto ao apartamento em Saint Denis ou no dia seguinte, afirmou Molins, em conferência de imprensa, sem dar mais detalhes, para além do facto de estarem de posse de dois coletes com explosivos.

O ADN de Abaaoud e o do outro homem, que ainda não foi identificado, estava nas espingardas 'kalachnikov' encontradas no carro do 'comando' que, no dia 13, fez vários ataques a tiro em bares e restaurantes a leste da Praça da República, em Paris, que causaram a morte a 40 pessoas e ferimentos a dezenas de outras.

O procurador assinalou que os elementos disponíveis indicam que o 'comando' era formado por aqueles dois e Brahim Abdeslam, que se fez explodir com um colete de explosivos pouco depois destes ataques, num bar da avenida Voltaire.

O irmão de Brahim, Salah Abdeslam, segundo os elementos compilados até agora pelos investigadores, conduziu os três terroristas suicidas que detonaram os cintos de explosivos nas redondezas do Estádio da França, quando se disputava a partida amigável entre as seleções francesa e alemã.

O seu ADN estava no Renault Clio, em particular na chave, que se acredita ter sido utilizado para conduzir aqueles três homens, e que apareceu abandonado nas proximidades do Estádio, no distrito XVIII de Paris.

Salah Abdeslam é objeto de uma ordem de busca e captura internacional emitida pela França.

Lusa

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.