sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Paris lembra vítimas dos ataques de 13 novembro

galeria de fotos

O Presidente francês, François Hollande, presidiu hoje à homenagem nacional pelas vítimas dos atentados de 13 de novembro em Paris.

Homenagem nacional pelas vítimas dos atentados de 13 de novembro em Paris, no Palácio dos Inválidos, onde está sepultado Napoleão Bonaparte.

Homenagem nacional pelas vítimas dos atentados de 13 de novembro em Paris, no Palácio dos Inválidos, onde está sepultado Napoleão Bonaparte.

© Charles Platiau / Reuters

Homenagem nacional pelas vítimas dos atentados de 13 de novembro em Paris, no Palácio dos Inválidos, onde está sepultado Napoleão Bonaparte.

Homenagem nacional pelas vítimas dos atentados de 13 de novembro em Paris, no Palácio dos Inválidos, onde está sepultado Napoleão Bonaparte.

© Philippe Wojazer / Reuters

Homenagem nacional pelas vítimas dos atentados de 13 de novembro em Paris, no Palácio dos Inválidos, onde está sepultado Napoleão Bonaparte.

Homenagem nacional pelas vítimas dos atentados de 13 de novembro em Paris, no Palácio dos Inválidos, onde está sepultado Napoleão Bonaparte.

© Philippe Wojazer / Reuters

Homenagem nacional pelas vítimas dos atentados de 13 de novembro em Paris, no Palácio dos Inválidos, onde está sepultado Napoleão Bonaparte.

Homenagem nacional pelas vítimas dos atentados de 13 de novembro em Paris, no Palácio dos Inválidos, onde está sepultado Napoleão Bonaparte.

© Charles Platiau / Reuters

A cerimónia teve lugar no Palácio dos Inválidos, em Paris, onde está sepultado Napoleão Bonaparte.

Um a um, foi lido o nome e a idade de cada uma das 130 vítimas mortais.

Depois fez-se um minuto de silêncio.

Foram convidadas a estar presentes as respectivas famílias das vítimas mortais e também os 350 feridos. No total participaram perto de duas mil pessoas.

François Hollande pediu aos franceses que colocassem a bandeira nacional na fachada de casa, num gesto de solidariedade.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".