sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

França e Bélgica querem partilha de informação após ataques de Paris

A França e a Bélgica querem melhorar a troca de informação entre os nove países europeus com maiores preocupações quanto a ameaças terroristas, numa reação aos ataques de Paris, disse na segunda-feira uma fonte governamental francesa.

© Benoit Tessier / Reuters

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, e o seu homólogo belga, Charles Michel, concordaram em "lançar uma iniciativa", quando se encontraram na Cimeira da Clima, em Paris, na segunda-feira, indicou à AFP uma fonte da equipa do primeiro-ministro francês.

Esta iniciativa incluiria a harmonização e sistematização da forma como é partilhada entre os 26 países da zona Schengen a informação sobre indivíduos considerados perigosos ou radicalizados.

A França e a Bélgica querem ver "o prolongamento e expansão da troca multilateral de informação" entre os países, indicou a mesma fonte.

A agência de notícias belga noticiou que a França e a Bélgica podem marcar um encontro nas próximas semanas, apesar de a fonte ter dito que não há ainda uma data.

Os receios com a segurança europeia aumentaram depois dos ataques em Paris, que mataram 130 pessoas no mês passado.

Os ataques, reivindicados pelo Estado Islâmico, levantaram também questões relacionadas com a monitorização das pessoas que chegam da Síria durante a pior crise migratória da Europa desde a II Guerra Mundial.

A Comissão Europeia sugeriu a criação de uma agência de inteligência pan-europeia, semelhante ao FBI nos Estados Unidos.

O grupo dos nove Estado membros - França, Bélgica, Itália, Reino Unido, Alemanha, Holanda, Espanha, Irlanda e Suécia - encontrou-se em junho de 2014 após um ataque num museu judeu em Bruxelas.

Lusa

  • Obama desloca-se ao Bataclan em homenagem às vítimas
    1:27

    Ataques em Paris

    Barack Obama prestou, esta noite, homenagem às vítimas dos ataques de Paris com uma deslocação ao Bataclan. O líder americano juntou-se a François Hollande assim que chegou à capital francesa, onde se encontra para participar na Cimeira do Clima. Foi com um evidente dispositivo de segurança nas ruas que decorreu a homenagem.

  • Vítimas dos ataques em Paris foram homenageadas
    3:01

    Ataques em Paris

    Apesar do estado de emergência em França devido aos ataques do passado dia 13 em Paris, foram muitos os que quiseram associar-se à homenagem oficial. Na capital francesa, duas semanas após os atentados, uma cidadã muçulmana pede para não se confundir o Islão com o terrorismo.

  • Homenagem às vítimas dos ataques de Paris
    2:49

    Ataques em Paris

    As autoridades alemãs prenderam um suspeito de ter vendido as armas usadas nos ataques em Paris. Duas semanas depois dos ataques, as 130 vitimas mortais foram homenageadas esta manhã pelo Governo francês. O Presidente François Hollande prometeu tudo fazer para "destruir o exército de fanáticos" que cometeram os atentados de 13 de novembro.

  • Simpsons homenageiam vítimas dos ataques de Paris
    1:32

    Ataques em Paris

    Os Simpsons lembraram os ataques de Paris. No episódio que foi emitido esta semana, há uma referência breve, que é sobretudo simbólica, mas que os fãs da série de culto americana não deixaram de notar como uma forma de homenagem às vítimas dos atentados de 13 de novembro.

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • FC Porto acusa Benfica de recorrer a serviços de "bruxaria"
    2:34

    Desporto

    Francisco J. Marques acusou o Benfica de recorrer a "bruxaria". O diretor de comunicação do FC Porto revelou uma troca de e-mails entre Luís Filipe Vieira e Armando Nhaga, suposto comissário nacional da polícia da Guiné-Bissau com a celebração de um contrato de prestação de serviços.

  • Francisco J. Marques promete continuar a revelar e-mails
    2:11

    Desporto

    Francisco J. Marques diz que a Polícia Judiciária sabe como o Futebol Clube do Porto teve acesso aos e-mails e desafia o Benfica a revelar os originais. O diretor de comunicação do clube portista revelou ainda que irá continuar a divulgar e-mails, já que isso não é incompatível com o segredo de Justiça.

  • Confirmada prisão dos portugueses que gravaram nome no portão de Auschwitz

    Mundo

    Dois adolescentes católicos portugueses foram condenados a um ano de prisão com pena suspensa, por terem gravado os nomes na porta da entrada principal de Auschwitz-Birkenau. O tribunal de primeira instância de Oswiecim já tinha condenado os jovens e o tribunal de Cracóvia confirmou esta quarta-feira a pena aplicada.

  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Quem é a mulher que diz ser filha de Salvador Dalí

    Cultura

    Maria Pilar Abel Martínez nasceu em 1956 e será o alegado fruto de um caso entre a sua mãe e Salvador Dalí. Um tribunal de Madrid ordenou a exumação do cadáver do pintor e a obtenção de amostras, de modo a determinar se a mulher espanhola é mesmo filha de Dalí.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.