sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Terroristas precisaram de 30 mil euros para ataques de Paris

O ministro das Finanças francês, Michel Sapin, afirmou hoje que quem organizou os atentados de 13 de novembro em Paris "não terá gasto mais do que 30 mil euros".

Um homem com a camisola manchada de sangue é acompanhado pela polícia após o ataque ao Bataclan, Paris, 13 novembro

Um homem com a camisola manchada de sangue é acompanhado pela polícia após o ataque ao Bataclan, Paris, 13 novembro

© Philippe Wojazer / Reuters

Numa conferência de imprensa em Paris, Sapin indicou que os financiadores de quem perpetrou os ataques entregaram diversas somas de valor reduzido que são difíceis de detetar, utilizando sobretudo cartões de crédito pré-pagos.

"O custo destes últimos ataques, o financiamento dos ataques, representam uma soma que não excede os 30 mil euros", garantiu, salientando que tal significa que os atacantes "não necessitaram de grandes quantias de dinheiro para os preparar".

A Unidade de Informações do Ministério das Finanças francês, a Tracfin, indicou que os cartões de crédito pré-pagos, alguns deles comprados na Bélgica, foram usados para pagar os carros e apartamentos utilizados pelos assaltantes nas 48 horas que precederam os ataques.

O ministro das Finanças francês adiantou que se pode tornar "crucial" para as investigações detetar mesmo pequenas verbas se estas forem alvo de uma reanálise de qualquer pormenor de uma investigação.

Lusa

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51

    Cultura

    A Parques de Sintra ganhou, pelo quarto ano consecutivo, os World Travel Awards na categoria de "Melhor Empresa de Conservação do Mundo". A empresa portuguesa, que gere monumentos, parques e jardins situados na zona da Paisagem Cultural de Sintra e em Queluz, voltou a ser a única nomeada europeia na categoria, e foi a vencedora entre candidatos de todo o mundo.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.