sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Dois detidos na Áustria por suspeitas de ligação aos atentados de Paris

As autoridades austríacas anunciaram hoje a detenção de dois homens, investigados por possíveis ligações aos ataques de 13 de novembro em Paris.

Arquivo

Arquivo

© Dominic Ebenbichler / Reuters

Os dois homens foram detidos no fim de semana num abrigo de migrantes em Salzburgo, revelou o porta-voz da Procuradoria austríaca, Robert Helzleitner. "São suspeitos de pertencer a uma organização terrorista", acrescentou.

Entretanto, o jornal Kronen Zeitung adianta que os detidos chegaram à Europa vindos do Médio Oriente com o grupo responsável pelos ataques na capital francesa. Serão dois franceses, de origem argelina e paquistanesa com falsos papéis sírios e estão a ser questionados pelas autoridades da Áustria e França.

A procuradoria austríaca não confirmou ainda a nacionalidade dos suspeitose nem o Ministério do Interior nem a polícia quis ainda fazer qualquer declaração sobre o assunto.

  • Oposição aproveita debate quinzenal para questões sobre a CGD
    2:35

    Caso CGD

    A oposição aproveitou o debate quinzenal para questionar o primeiro-ministro sobre a polémica em torno da Caixa Geral de Depósitos. O CDS exigiu provas de António Costa para afirmar que as contas do banco foram maquilhadas e o PSD perguntou ao primeiro-ministro se não estranha a demissão de António Domingues quando este apresentou a declaração de rendimentos.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.