sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Condenado por telefonar à polícia a dizer que estava feliz com atentados em Paris

Um jovem de 22 anos foi condenado em França a dois anos de prisão efetiva por ter telefonado para a polícia e bombeiros, na noite dos atentados de Paris, a dizer que estava feliz por ver franceses a morrer. Classificou mesmo os atentados como "magníficos".

© Charles Platiau / Reuters

A defesa considera que a pena não é adequada e vai recorrer. O advogado diz que o jovem estaria alcoolizado, que já admitiu que errou e que está arrependido.


Cita ainda um relatório psiquiátrico que classifica o cliente como imaturo e complexado. Refere também que apesar dos pais serem um muçulmano e um judeu, ele não é praticante de qualquer religião, nem sequer radicalizado.

A justiça francesa já fez várias detenções depois dos atentados de 13 de novembro, em ações de prevenção do terrorismo.

Uma situação que tem motivado críticas, e até mesmo queixas-crime, sobretudo por parte da comunidade muçulmana. Acusam as autoridades de raides ilegais em casas, mesquitas, restaurantes e hotéis em nome do estado de emergência.

  • Jihadista com ligações aos atentados de Paris pode estar em Portugal
    2:10

    Daesh

    A Interpol emitiu um alerta para Portugal e Espanha, por causa da possível presença de três jihadistas franceses na Península Ibérica. São considerados altamente perigosos.A notícia é avançada hoje pelo Jornal de Notícias, que refere que um dos três homens terá estado envolvido nos atentados de Paris. O Ministério da Administração Interna, contactado pela SIC, não faz para já comentários à notícia e remete explicações para mais tarde.

  • "O PSD é o centro das atenções da campanha e fico contente com isso"
    1:03
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33
  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00