sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Principal suspeito dos atentados em Paris terá passado por 3 controlos policiais em França

O presumível terrorista Salah Abdeslam, suspeito de ter tido um papel importante nos ataques em Paris, terá passado por três controlos policiais em França antes de fugir para a Bélgica, afirmou hoje uma fonte próxima da investigação belga.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Charles Platiau / Reuters

Confirmando informações divulgadas numa reportagem do jornal Le Parisien/Aujourd'hui en France, esta fonte refere o testemunho de Hamza Attou, suspeito de ter infiltrado Salah Abdeslam em Bruxelas, após os ataques de 13 de novembro na capital francesa que fizeram 130 mortos e centenas de feridos.

Salah Abdeslam terá sido ainda ajudado por outro elemento identificado como Mohammed Amri.

Os três homens, que se encontraram em Paris, conheciam-se do bairro de Molenbeek, localizado nos subúrbios de Bruxelas.

Para evitar os controlos policiais, Salah Abdeslam pediu aos dois cúmplices para usarem estradas secundárias, mas eles perderam-se e acabaram por entrar numa autoestrada, segundo relatou a mesma fonte, citada pela agência francesa AFP.

A partir desse momento, Salah Abdeslam pediu-lhes para conduzirem sem excesso de velocidade.

Já na autoestrada, os suspeitos não conseguem evitar os controlos das autoridades, relatou ainda a fonte, e ao longo do percurso são mandados parar três vezes.

Os documentos de identificação dos três homens só são verificados no segundo e no terceiro controlos policiais.

No último controlo, perto de Cambrai, Salah dá aos agentes a sua morada em Molenbeek, mas, naquele momento, ainda não era procurado pelas autoridades.

A investigação sobre os ataques em Paris ainda prossegue em França e na Bélgica.

Salah Abdeslam, de 26 anos, continua ainda a monte.

Lusa

  • Família Aveiro na inauguração do Aeroporto Cristiano Ronaldo
    2:34

    País

    A decisão de dar o nome de Cristiano Ronaldo ao aeroporto da Madeira divide opiniões. Contudo, na cerimónia de inauguração desta quarta-feira só se ouviram aplausos. Os madeirenses juntaram-se à porta do aeroporto para ver e receber o melhor jogador do mundo. Também a família do jogador esteve na Madeira para apoiar Ronaldo.

  • A (polémica) mudança de nome do aeroporto da Madeira
    2:00

    País

    O aeroporto da Madeira é desde esta quarta-feira aeroporto Cristiano Ronaldo. O Presidente da República e o primeiro-ministro estiveram juntos na homenagem ao futebolista. A alteração não é consensual entre os madeirenses.

  • O busto de Ronaldo que virou piada no mundo inteiro
    2:04

    País

    No dia em que foi formalizado o novo nome do aeroporto da Madeira, foi também conhecido o busto em bronze de Cristiano Ronaldo e que, desde logo, começou a provocar reações em todo o mundo. As críticas da imprensa internacional não são propriamente positivas e a internet aproveitou para dar contornos humorísticos à criação.

  • A história de um dos maiores fãs de Cristiano Ronaldo
    5:52

    Desporto

    Um dos maiores fãs de Cristiano Ronaldo não perdeu a oportunidade de se deslocar à Madeira, para conhecer o ídolo e o local onde Cristiano nasceu e cresceu. Lucas Mendes é brasileiro, tem apenas 23 anos e criou a página de fãs de Ronaldo mais seguida no Brasil.

  • Os seus descontos para a Segurança Social estão em ordem?
    7:50
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Os portugueses estão cada vez mais preocupados com a reforma. O valor que se vai receber depende dos descontos que se fizerem para a Segurança Social. Mas há contabilistas que cometem burlas com o dinheiro dos clientes, há esquecimentos, e empresas que deixam de pagar as contribuições por falta de verbas. O Contas Poupança explica-lhe como pode ver neste instante se todos os seus descontos estão nos cofres da Segurança Social, e corrigir algum erro antes que seja tarde demais.

  • "Não há razão para fingirmos que hoje é um dia feliz"
    1:55

    Brexit

    Depois de receber esta quarta-feira a notificação do Brexit, o presidente do Conselho Europeu antecipou negociações difíceis. Donald Tusk diz que agora é preciso minimizar os prejuízos para os cidadãos europeus e para as empresas.

  • "Não há recuo possível"
    2:30

    Brexit

    O processo de saída do Reino Unido da União Europeia começou esta quarta-feira, com a ativação do artigo 50.º do Tratado de Lisboa. A notificação de Theresa May foi feita por carta a Donald Tusk e a primeira-ministra disse que não recuo possível. O processo de negociações levará dois anos e a saída do Reino Unido da União Europeia ficará concluída em 2019.