sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Eagles of Death Metal retomam hoje digressão internacional após atentados de Paris

O grupo rock norte-americano Eagles of Death Metal retoma hoje, em Estocolmo, na Suécia, a digressão europeia, que foi interrompida em novembro, em Paris, quando atuava no Bataclan, um dos espaços atingidos pelos ataques terroristas.

Originária de Palm Street, sul da Califórnia, a banda tem dois elementos principais (Jesse Hughes, 43 anos, e Josh Homme, 42 anos), que são conhecidos pelo seu humor e pelo espírito "sexo, drogas e rock and rol". (Arquivo)

Originária de Palm Street, sul da Califórnia, a banda tem dois elementos principais (Jesse Hughes, 43 anos, e Josh Homme, 42 anos), que são conhecidos pelo seu humor e pelo espírito "sexo, drogas e rock and rol". (Arquivo)

Barry Brecheisen / AP

De acordo com a página oficial da banda, na Internet, a digressão é retomada hoje, na capital sueca, quando passam três meses sobre os ataques, e passará pelo Olympia de Paris, no próximo dia 16, e pelo Coliseu de Lisboa, a 05 de março, cidade onde o concerto esteve inicialmente agendado para 10 de dezembro.

Os Eagles of Death Metal "regressam à Europa para fazer as datas da digressão que foi adiada, incluindo um regresso a Paris que será certamente emotivo", afirmaram os músicos em comunicado.

Os espectadores que estavam a 13 de novembro no Bataclan, na capital francesa, terão direito a entrada gratuita, no concerto de dia 16, no Olympia, sublinham.

As etapas europeias, depois do concerto de hoje, em Estocolmo, estendem-se até 07 de março, e passam por Oslo, Paris, Munique, Zagreb, Budapeste, Viena, Zurique, Bruxelas, Treviso, Turim, Roma, Nimes, Barcelona, Madrid, Lisboa e Lille.

A 09 de março, a banda norte-americana inicia, em Bogotá, na Colômbia, uma digressão americana, que irá de São Paulo, Brasil, a Buenos Aires, Argentina, e Santiago do Chile.

O percurso pelo continente americano será interrompido para concertos na Austrália e na Nova Zelândia, de 22 a 29 de março, antes das atuações em diferentes cidades do Canadá e dos Estados Unidos, que se estenderão de 26 de abril a 03 de junho.

De 09 a 21 de agosto, os Eagles of Death Metal regressam à Europa para atuarem em cidades da Holanda, Alemanha, Noruega, Dinamarca e Polónia.

No dia 13 de novembro de 2015, o grupo atuava no Bataclan, perante cerca de 1.500 espectadores, quando um comando de "jihadistas" entrou na sala de espetáculos e abriu fogo indiscriminadamente, matando 90 pessoas, entre as quais o agente comercial da banda, Nick Alexander, e três membros da produtora.

No início de dezembro, cerca de um mês após os atentados, os músicos do grupo de rock norte-americano regressaram a Paris e depositaram uma coroa de flores em frente à sala de espetáculos Bataclan, para homenagear os 90 mortos no ataque terrorista.

A banda também atuou num dos concertos que os U2 deram então na capital francesa.

Os atentados de 13 de novembro do ano passado, em Paris, foram reivindicados pelo grupo terrorista, autodenominado Estado Islâmico (EI), e causaram 130 mortos e mais de 350 feridos.

Lusa

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • George H. Bush nos cuidados intensivos e mulher também hospitalizada

    Mundo

    O antigo Presidente dos Estados Unidos da América e a sua mulher estão hospitalizados em Houston, no Texas. George H. W. Bush foi admitido no sábado, devido a um problema respiratório derivado de pneumonia, enquanto Barbara Bush entrou esta quarta-feira no hospital, por sintomas de fadiga e tosse.

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..