sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Pelo menos quatro polícias feridos num tiroteio em Bruxelas

Um tiroteio que ocorreu ao início da tarde em Bruxelas causou ferimentos em pelo menos quatro polícias. O tiroteio ocorreu durante uma operação antiterrorista em Bruxelas, relacionada com os ataques de novembro em Paris. As agências internacionais dão conta de pelo menos três polícias feridos e dois suspeitos em fuga.

© Francois Lenoir / Reuters

© Francois Lenoir / Reuters

© Francois Lenoir / Reuters

© Yves Herman / Reuters

© Yves Herman / Reuters

© Yves Herman / Reuters

© Yves Herman / Reuters

© Yves Herman / Reuters

A porta-voz da polícia belga não deu informações sobre a gravidade dos ferimentos, o número de feridos foi entretanto atualizado para quatro.

De acordo com o porta-voz da procuradoria federal, o tiroteio aconteceu durante uma busca realizada na comuna de Forest, nos subúrbios a sul da capital belga.

Uma megaoperação policial foi montada de imediato em Bruxelas, as autoridades mobilizaram um helicóptero e um elevado números de agentes e veículos.

A zona onde ocorreu o tiroteio foi circunscrita pelas autoridades, a polícia aconselhou os moradores a não saírem à rua e foram montadas medidas redobradas de segurança junto às escolas. As crianças foram mantidas nos estabelecimentos de ensino, de onde só têm ordem para sair quando a situação na cidade estabilizar.

A operação em curso na capital da Bélgica poderá também estar relacionada com a divulgação da lista de 22 mil combatentes, revelada esta semana nos ficheiros do Daesh.

De acordo com o ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve, a polícia francesa está também envolvida nesta operação antiterrorista.

A polícia belga tem realizado diversas operações de combate ao terrorismo com o objetivo de localizar militantes islâmicos que possam ter ligações aos ataques de Paris, a 13 de novembro, nos quais morreram 130 pessoas.

Ao que tudo indica, os ataques na capital francesa no final do ano passado foram planeados a partir da Bélgica. Os extremistas islâmicos que arquitetaram os atentados estiveram no bairro Molenbeek, em Bruxelas. A operação de hoje ocorreu numa zona muito próxima, o que indica que há a suspeita de que os suspeitos possam ainda estar nessa área suburbana.

A polícia belga terá hoje realizado um raide a um apartamento que julgavam estar vazio e foi recebida com tiros. Dois polícias terão sido feridos por estes primeiros disparos. Dois suspeitos conseguiram fugir e um agente acabou por ser ferido mais tarde.

Última atualização 17:31

  • A culpa é de Obama
    0:32

    Mundo

    Quem o diz é Donald Trump. O Presidente dos EUA acusa o antecessor de estar por detrás das fugas de informação e dos protestos feitos por todo o país.

  • Turistas à volta da Lua em 2018
    1:21
  • Bastidores do sambódromo: um espétaculo à parte
    3:22

    Mundo

    Por detrás da alegria do desfile das escolas de samba, há a tensão e a adrenalina dos bastidores do sambódromo. A preparação antes da entrada na avenida é um espetáculo à parte como mostra a correspondente da SIC, no Rio de Janeiro, Ivani Flora

    Correspondente SIC

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06