sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Procuradoria belga confirma que dois suspeitos continuam em fuga

Procuradoria belga confirma que dois suspeitos continuam em fuga

O primeiro-ministro Charles Michel manteve a capital belga em alerta. O homem abatido ontem pela policia é um argelino, de 34 anos, que vivia ilegalmente na Bélgica e que não estava referenciado pelas autoridades. Em casa deste suspeito foi encontrada uma bandeira do Daesh e várias munições, mas não havia vestígios de explosivos. A operação conjunta das autoridades belgas e francesas foi realizada no âmbito da investigação aos atentados de Paris de 13 de novembro. O procurador belga Eric Van der Sypt confirmou hoje que há ainda dois suspeitos em fuga e que quatro polícias foram feridos nesta operação.

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.