sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Suspeito morto em Bruxelas era argelino, outros dois em fuga

O suspeito morto ontem numa operação antiterrorista em Bruxelas era um argelino nascido em 1980, que estava em situação ilegal na Bélgica, revelaram hoje as autoridades. Outros dois suspeitos escaparam.

© Yves Herman / Reuters

Belkaid Mohammed, argelino de 35 anos, foi abatido por um sniper após ter aberto fogo contra a polícia, anunciou esta manhã a procuradoria federal belga, em conferência de imprensa.

Dois suspeitos envolvidos nos tiroteios na comuna de Forest, em Bruxelas, encontram-se ainda em fuga e são ativamente procurados pela polícia, disse o procurador Frédéric van Leeuw.

No apartamento alvo de buscas, onde os suspeitos se encontravam e onde tiveram início as trocas de tiros, foram encontrados um livro sobre salafismo e uma bandeira do Daesh.

Na operação das autoridades belgas, em conjunto com a polícia francesa, não foram encontrados explosivos, mas foram apreendidas várias Kalashnikov e munições.

Quatro polícias - três belgas e uma agente francesa - ficaram feridos sem gravidade quando realizavam buscas num apartamento, no quadro dos inquéritos aos atentados de Paris em novembro passado.

Última atualização às 11:31

  • Samaris suspenso por três jogos

    Desporto

    O internacional grego do Benfica Samaris foi castigado com três jogos de suspensão pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, após ter sido instaurado um auto de flagrante delito por parte da Comissão de Instrutores.

    Em atualização

  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.