sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Obama felicita França pela captura de Abdeslam

O Presidente norte-americano, Barack Obama, felicitou hoje o primeiro-ministro belga, Charles Michel, e o Presidente francês, François Hollande, pela captura de Salah Abdeslam, o homem mais procurado na sequência dos atentados terroristas de Paris, em novembro passado.

LAURENT DUBRULE

Tanto Charles Michel como o Palácio do Eliseu divulgaram nas respetivas contas da rede social Twitter que Obama ligou aos chefes de governo e de Estado da Bélgica e da França para os felicitar pela operação conduzida no bairro de Molenbeek e pelo êxito de hoje na sua "luta conjunta contra o terrorismo".

Salah Abdeslam, diretamente envolvido nos sangrentos ataques de Paris, que fizeram mais de 130 mortos e foram reivindicados pelo autoproclamado Estado Islâmico, foi hoje detido durante uma operação policial em Bruxelas, depois de quatro meses em fuga, confirmaram as autoridades policiais.

A operação antiterrorista em Molenbeek foi seguida pelo primeiro-ministro belga, Charles Michel, e pelo Presidente francês, François Hollande, a partir do gabinete do chefe de Governo belga, para onde rumaram depois de participarem numa cimeira de chefes de Estado e de Governo da União Europeia.

"Foi uma coincidência extraordinária", comentou já Charles Michel.

Lusa

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.