sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Presidente francês renuncia à revisão constitucional que retirava nacionalidade a terroristas

O Presidente francês anunciou hoje que vai retirar o projeto de revisão constitucional apresentado após os atentados de Paris, que previa nomeadamente a retirada da nacionalidade a condenados por terrorismo, por falta de apoio da oposição de direita.

© POOL New / Reuters

"Decidi, depois de me reunir com os presidentes da Assembleia Nacional e do Senado, encerrar o debate constitucional", disse François Hollande, acrescentando que "um compromisso estava fora de alcance" sobre a questão da retirada da nacionalidade.

"Noto também que parte da oposição é hostil a qualquer revisão constitucional", acrescentou numa breve declaração no Palácio do Eliseu, sede da Presidência da República francesa.

Hollande assegurou que apesar da renúncia ao projeto, não se vai "desviar dos compromissos" assumidos "para garantir a segurança da nação".

A proposta de revisão da Constituição foi apresentada pelo governo socialista dias depois dos atentados de 13 de novembro em Paris, reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico, que fizeram 130 mortos.

Além da polémica medida de retirada da nacionalidade aos condenados por terrorismo, o projeto suscitou também críticas por prever a inscrição na Constituição da lei do estado de emergência.

Em França, uma alteração constitucional tem de ser aprovada por pelo menos três quintos dos membros das duas câmaras do Parlamento, a Assembleia Nacional (câmara baixa) e o Senado (câmara alta).

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.