sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Suspeito dos ataques em Paris detido pode ser o "homem do chapéu" de Bruxelas

Em atualização

Mohamed Abrini, procurado por suspeitas de estar ligado aos ataques de Paris, foi detido hoje na Bélgica, segundo a televisão pública VRT. O belga de 31 anos estava na lista dos mais procurados na Europa e poderá ser o "homem do chapéu" dos atentados de Bruxelas.

AP

Última atualização às 16:12

A procuradoria belga não confirma e adianta apenas que fez hoje várias buscas e detenções, ligadas aos ataques de Bruxelas, e anunciou que será dada em breve uma conferência de imprensa.

Também a France Press noticia a detenção de Mohamed Abrini, citando fontes policiais.

Abrini terá sido identificado como o quando apareceu num vídeo de vigilância com Salah al-Abdeslam, outro dos suspeitos dos ataques em Paris, onde 130 pessoas morreram e mais de 300 ficaram feridas.

De acordo com a VRT, Mohamed Abrini poderá ser também o terceiro homem do atentado no aeroporto de Bruxelas, o homem que apareceu de chapéu nas imagens divulgadas pelas autoridades.

Abdeslam foi detido há duas semanas em Bruxelas, quatro dias antes dos bombistas suicidas do Daesh atacarem Bruxelas. As duas explosões no aeroporto de Zaventem e numa estação de metro no centro de Bruxelas fizeram 35 mortos e centenas de feridos.

  • "Vi o Bas Doost a jorrar sangue para o chão (...) revoltei-me!"
    3:28
  • "Esta semana parecia um filme de terror"
    2:24

    Desporto

    O treinador do Sporting falou pela primeira vez à imprensa desde as agressões de que foi alvo em Alcochete. Jorge Jesus disse que a última semana "parecia um filme de terror" e deixou um agradecimento especial aos adeptos e à "capacidade emocional" dos jogadores.

  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • Nicolas Maduro vence presidenciais na Venezuela

    Mundo

    O chefe de Estado venezuelano, Nicolas Maduro, foi declarado vencedor das eleições presidenciais de domingo pela autoridade eleitoral, com perto de 70% dos votos, depois de contados quase todos os boletins.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29