sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Bélgica revela que Mohamed Abrini participou nos atentados de Paris

Mohamed Abrini foi acusado de assassinatos terroristas pela Justiça belga. A procuradoria federal da Bélgica revela que Abrini participou nos atentados de 13 de novembro em Paris, onde morreram mais de 120 pessoas.

AP

A Justiça diz que ainda não foi possível confirmar se Mohamed Abrini é ou não o homem do chapéu, que seguia com os dois bombistas suicidades momentos antes do atentado no aeroporto de Bruxelas.

A procuradoria diz também que outro dos detidos, Osama K., é o segundo homem envolvido no ataque na estação de metro de Maalbeek, que está também acusado de assassinatos terroristas.

Para além destes dois, foram acusados mais dois homens suspeitos de participar em ataques.

Ao início desta tarde, a polícia belga levou a cabo uma operação em Etterbeek, um bairro de Bruxelas, perto dos edifícios da Comissão Europeia mas ninguém foi detido. A operação decorreu num prédio com apartamentos e uma loja, que foi o local central das buscas. Esta operação estaria relacionada com os ataques terroristas em Bruxelas, mas não produziu resultados.

O raide policial contou com mais de 50 agentes no local, assim como atiradores de elite e equipas de desativação de engenhos explosivos.

  • Procurador confirma cinco detidos em Bruxelas
    1:22

    Atentados em Bruxelas

    No âmbito das investigações aos atentados de Paris e de Bruxelas o procurador belga adiantou que cinco pessoas foram detidas em Bruxelas. Entre os detidos estão Mohamed Abrini e Osama Kraime. No entanto, o papel que tiveram nos atentados terroristas, em particular se se trata do "homem do chapéu" e do atacante da estação de metro, só o prosseguir da investigação poderá apurar.

  • Procurador belga confirma detenção de suspeito de ataques em Paris
    1:54

    Mundo

    O procurador de Bruxelas confirmou que um dos detidos na operação antiterrorista de ontem é Mohamed Abrini, suspeito dos ataques de Paris e que é provavelmente o famoso homem do chapéu dos atentados de Bruxelas.O momento da detenção de Mohamed Abrini foi filmado e testemunhado por moradores da rua onde decorreu a operação. Quem presenciou o momento em que o terrorista foi apanhado diz que este andava calmamente no passeio quando a polícia se atravessou no caminho.

  • Famílias das vítimas de Pedrógão criam associação para apurar responsabilidades
    2:13
  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15