sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Bataclan reabre em novembro, um ano após os ataques de Paris

A direção da sala de concertos parisiense Bataclan, onde em novembro três bombistas-suicidas mataram 90 pessoas, anunciou hoje que vai reabrir um ano depois dos ataques com quatro concertos, o primeiro dos quais do músico britânico Pete Doherty.

© Benoit Tessier / Reuters

Os trabalhos de renovação da sala começaram e, embora "a data exata da reabertura ainda não esteja marcada", a direção do Bataclan já agendou quatro concertos: o britânico Pete Doherty a 16 de novembro, o senegalês Youssou N'Dour e a sua banda Le Super Étoile de Dakar a 18 de novembro, a banda norte-americana Nada Surf a 2 de dezembro e o grupo de rap francês MZ a 3 de dezembro.

"Outros concertos e espetáculos serão anunciados nos próximos dias", acrescenta a direção num comunicado.

A sala de espetáculos, no centro de Paris, foi um dos alvos dos atentados de 13 de novembro de 2015, durante um concerto da banda norte-americana Eagles of Death Metal. A sala mantém-se fechada desde então.

A direção do Bataclan explica no texto que as obras em curso são para recuperar as infraestruturas e equipamentos da sala, "sem modificar o arranjo" do espaço, para "preservar o calor e convivialidade" e "manter o espírito popular e festivo que sempre teve".

Além do Bataclan, os ataques visaram o Stade de France e esplanadas do centro da capital de França, onde outras 40 pessoas foram mortas.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Incêndio num estádio em Xangai destrói parte da bancada

    Mundo

    O Estádio Hongkou da equipa chinesa Shanghai Shenhua foi atingido esta terça-feira por um incêndio que acabou por danificar parte da bancada e algumas salas no interior da infraestrutura. Para o local, foi enviada uma equipa de bombeiros que conseguiu controlar as chamas.