sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Salah Abdeslam é hoje interrogado pela primeira vez

Salah Abdeslam, o único sobrevivente do comando extremista que perpetrou os atentados de Paris de novembro de 2015 onde morreram 130 pessoas, vai ser hoje interrogado por investigadores franceses, pela primeira vez.

Salah Abdeslam

Salah Abdeslam

Durante meses, Abdeslam foi o fugitivo mais procurado da Europa, até ser encontrado e detido a 18 de março, no bairro de Molenbeek, em Bruxelas, sendo depois transferido para a prisão de Fleury-Merogis, em França.

Amigo de infância de Abdelhamid Abaaoud, que se acredita ser o líder do grupo, Abdeslam é tido como essencial nos ataques de 13 de novembro e na sua preparação.

Outras duas pessoas foram detidas em França por ligação aos ataques mas são considerados participantes secundários.

Abdeslam, de 26 anos, transportou os três bombistas suicidas que se fizeram explodir no exterior do Estádio de França no norte de Paris.

Acredita-se que desistiu do seu suicídio -- um colete de explosivos foi encontrado num bairro de Paris onde Abdeslam terá estado na noite dos ataques, de acordo com informação recolhida através do telemóvel.

Acredita-se também que o jovem transportou outros extremistas pela Europa meses antes, incluindo Najim Laachraoui, suspeito de ter fabricado a bomba dos ataques de novembro e que morreu no ataque suicida de Bruxelas, a 22 de março.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.