sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Salah Abdeslam em silêncio diante de juízes franceses

A audição do suspeito de terrorismo Salah Abdeslam terminou e "ele não quis pronunciar-se hoje", pois irá fazê-lo "mais tarde", declarou à agência de notícias francesa AFP um dos advogados do extremista islâmico, responsável

O advogado de Salah Abdeslam Frank Berton

O advogado de Salah Abdeslam Frank Berton

© Gonzalo Fuentes / Reuters

O elemento ainda vivo do comando radical muçulmano que atacou Paris a 13 de novembro chegou hoje pela manhã ao palácio da justiça de Paris para ser ouvido pelos juízes de instrução, um primeiro interrogatório na sequência das investigações dos ataques que mataram 130 pessoas.

"Salah Abdeslam usou o seu direito ao silêncio, recusando-se a responder às perguntas do juiz", disse o procurador de Paris.

"Também se recusou a especificar as razões que o levaram a fazer o uso do seu direito ao silêncio. Recusou-se a confirmar, do mesmo modo, as declarações que havia feito anteriormente à polícia e ao juiz de instrução belga", acrescentou.

"Ele (Salah Abdeslam) quis exercer o seu direito ao silêncio, devemos dar-lhe tempo", referiu Frank Berton.

O advogado do acusado lamentou que o seu cliente esteja numa cela da prisão de Fleury-Merogis, em Paris, sob vídeovigilância permanente.

"Sente-se vigiado 24 horas do dia, isso não está a deixá-lo em boas condições", disse Berton à imprensa.

O advogado disse que pretende falar com o ministro da Justiça francês sobre essa situação.

Com agências

  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Grafitter morre após cair do telhado da estação de Sete Rios
    0:57

    País

    Um grafitter morreu no sábado na estação intermodal de Sete Rios, em Lisboa. O jovem caiu de uma altura de seis metros, enquanto fazia um grafitti. As autoridades terão sido alertadas por um amigo, mas quando o INEM chegou o jovem de 21 anos já estava morto.

  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Pelo menos 22 corpos retirados de hotel atacado em Cabul

    Mundo

    Pelo menos 22 corpos foram removidos do hotel de Cabul, no Afeganistão, atacado neste fim de semana pelos talibãs e alguns serão difíceis de identificar por estarem calcinados, de acordo com um novo relatório do Ministério da Saúde.

  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.