sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Áustria entrega a França dois suspeitos de participarem nos ataques de Paris

Áustria vai entregar às autoridades francesas dois homens suspeitos de terem participado nos ataques de 13 de novembro em Paris e que foram detidos num centro de refugiados em dezembro, informaram fontes judiciais.

Adel Haddadi, um argelino de 28 anos, e Mohammad Usman, um paquistanês de 34 anos, foram detidos a 10 de dezembro em Salzburgo.

Fonte próxima da investigação em França confirmou à agência noticiosa AFP a transferência dos dois homens sob quem pendia um mandado de captura europeu emitido pelas autoridades francesas.

A procuradoria-geral de Salzburgo recusou-se a confirmar a informação. Segundo a mesma fonte, Adel Haddadi terá "provavelmente participado nos assassínios em Paris".

"Ele desembarcou na ilha de Leros (Grécia) a 03 de outubro, juntamente com Mohammad Usman e dois iraquianos, não identificados, que se fizeram explodir perto do estádio de França, em Saint-Denis, a 13 de novembro", explicou.

Depois de chegarem a Leros, a polícia grega detetou que os passaportes de Haddadi e Usman eram falsos e os homens foram detidos e transferidos para um centro de acolhimento na Áustria.

O suspeito argelino juntou-se ao grupo extremista Estado Islâmico em fevereiro de 2015 e o paquistanês é descrito como um pirotécnico próximo de dois grupos extremistas paquistaneses ligados à Al-Qaida.

Os ataques de novembro em Paris, reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico, provocaram 130 mortos e mais de 350 feridos.

Lusa

  • Madrid suspende governo regional da Catalunha

    Mundo

    O chefe do Governo espanhol anunciou hoje que decidiu acionar o artigo 155º da Constituição espanhola e pedir ao Senado a suspensão das funções do governo regional da Catalunha. Em conferência de imprensa justificou a adoção das medidas dada a "desobediência rebelde, sistemática e consciente" do Governo regional (Generalitat).

    Em atualização

  • Manifestações contra os incêndios um pouco por todo o país
    1:33

    País

    Estão marcadas para esta tarde várias manifestações contra os incêndios e as políticas florestais, mas também de homenagem às vítimas dos fogos que arrasaram o país. As iniciativas de protesto são quase todas organizadas através das redes sociais e por grupos de cidadãos.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.