sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Quatro familiares do atacante dos Campos Elísios detidos perto de Paris

Gonzalo Fuentes

Pai, irmão, ex-mulher e cunhada do condutor do veículo que abalroou na segunda-feira uma carrinha policial na avenida parisiense dos Campos Elísios foram detidos perto de Paris, segundo fonte judicial citada pela agência noticiosa francesa AFP.

A ex-mulher de Adam Dzaziri bem como o seu irmão e cunhada foram detidos na tarde de segunda-feira na sequência de buscas ao domicílio da família, perto de Paris. O pai do atacante foi, por seu lado, "colocado sob custódia policial durante a noite", segundo a mesma fonte.

O atacante, de 31 anos, oriundo de um subúrbio de Paris e que estava referenciado pelas autoridades por potenciais ligações extremistas, fez embater intencionalmente um veículo contra uma carrinha da 'gendarmerie' francesa (força policial militarizada) na avenida dos Campos Elísios.

A viatura explodiu momentos depois do impacto, mas sem fazer vítimas, além do condutor.

Botijas de gás, uma metralhadora Kalachnikov e pistolas foram encontradas no veículo, bem como explosivos.

O ministro do Interior francês, Gérard Collomb, indicou na segunda-feira tratar-se de uma "tentativa de ataque" contra as forças de segurança, afirmando que o incidente "mostra uma vez mais que o nível de ameaça em França é extremamente elevado".

Este incidente teve lugar cerca de duas semanas depois de um agente policial ter sido atacado junto da catedral de Notre Dame, no centro de Paris.

Nesse ataque, o agressor, que foi neutralizado pelas forças policiais e que reivindicou ser um 'soldado' do grupo extremista Estado Islâmico (EI), atacou o agente com um martelo quando este patrulhava a praça em frente da catedral.

Os mais recentes ataques perpetrados em França têm tido como alvo as forças de ordem e um deles também ocorreu naquela avenida localizada no coração de Paris.

Em 20 de abril, o polícia Xavier Jugelé, de 37 anos, foi abatido a tiro na avenida parisiense por um terrorista, num ataque que foi reivindicado pelo EI. Dois outros agentes policiais ficaram feridos no ataque, que ocorreu alguns dias antes da primeira volta das recentes eleições presidenciais francesas.

Antes já tinham ocorrido outros ataques, sem vítimas mortais, no Museu do Louvre e no aeroporto internacional de Orly que visaram militares franceses.

Com Lusa

  • Depois do Fogo
    0:25

    Reportagem Especial

    Uma semana depois do incêndio de Pedrogão Grande são muitas as histórias de perda e de sobrevivência, mas também de solidariedade de pessoas anónimas, que não dormiram durante dias a fio, para apoiar na logística do difícil combate ao incêndio florestal mais mortífero de que há memória. Depois do Fogo, hoje no Jornal da Noite.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.