sicnot

Perfil

Atentado em Istambul

"É extremamente difícil para a Turquia conseguir travar todos os tipos de atentados"

"É extremamente difícil para a Turquia conseguir travar todos os tipos de atentados"

Álvaro Vasconcelos considera que será "extremamente difícil para a Turquia conseguir travar todos os tipos de atentados tentados ou que possam vir a ser planeados". O ex-diretor do Instituto de Estudos Estratégicos Internacionais considera que este facto deve-se, sobretudo, ao profundo envolvimento que o país tem com o conflito sírio, tanto pela sua posição a Assad como pelo seu apoio aos EUA no combate ao Daesh.

  • "É importante não nos precipitarmos sobre as causas" do atentado na Turquia
    3:35

    Opinião

    Não havendo uma reivindicação do atentado desta noite no aeroporto de Istambul, o especialista em questões de terrorismo, Felipe Pathê Duarte, defende que é necessário não haver precipitação quanto às suas causas. O especialista lembra que a Turquia tem sido alvo de vários ataques com um "modos operandi" semelhante ao do Daesh mas que também têm sido reivindicados por movimentos pró-curdos bem como outros movimentos de extrema esquerda.

  • Explosões provocaram pelo menos 28 mortos e 60 feridos em Istambul
    7:42

    Mundo

    Um tiroteiro e duas explosões fizeram, segundo o ministro da Justiça da Turquia, pelo menos 28 mortos. As explosões foram ataques suicidas: os suspeitos detonaram os explosivos antes de passarem pelo sistema de segurança de raio-X no check-in. Cerca de 60 pessoas ficaram feridas, seis delas com gravidade. Ao telefone, o general Rodolfo Begonha explica como é difícil evitar este tipo de ataques.

  • Ataque na Turquia vai causar impacto na campanha eleitoral nos EUA
    3:55

    Opinião

    O ataque desta noite no aeroporto de Istambul vai causar impacto na campanha eleitoral à Casa Branca devido ao constante apelo ao medo por parte de Donald Trump, de acordo com Luís Costa Ribas. O correspondente da SIC acredita que a única linha de discurso possível de Obama sobre o ataque será intensificar o combate ao terrorismo e um reforço na cooperação com a Turquia para derrotar o Daesh.

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Casas de Luís Filipe Vieira e Pedro Guerra foram alvo de buscas
    2:39

    Desporto

    O caso dos emails levou esta quinta-feira a Polícia Judiciária a fazer buscas no Estádio da Luz e nas casas de Luís Filipe Vieira, o comentador Pedro Guerra e Paulo Gonçalves, o assessor jurídico do clube das águias. O advogado foi constituído arguido, mas só porque um advogado para ser alvo de buscas precisa de ser arguido.

  • Buscas no Benfica? "A Justiça está a funcionar"
    0:18

    Desporto

    Bruno de Carvalho reagiu esta quinta-feira às buscas efetuadas no Benfica. À saída de uma audiência no Ministério da Educação, o presidente do Sporting abordou o tema para dizer que é sinal de que a justiça está a funcionar.

  • Este foi provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC