sicnot

Perfil

Atentado em Istambul

Atentado em Istambul

Atentado em Istambul

Aeroporto de Istambul volta a operar após atentado

O aeroporto de Istambul, alvo de um triplo atentado suicida, que fez 36 mortos e mais de uma centena de feridos, voltou a operar, mas ainda são poucos os voos previstos, informa o diário Hürriyet na sua versão digital.

© Osman Orsal / Reuters

Segundo as autoridades turcas, três atacantes abriram fogo na entrada do terminal internacional antes de se fazerem explodir por volta das 22:00 de terça-feira (20:00 em Lisboa), levando à suspensão de todos os voos no aeroporto Atatürk, o maior da Turquia e um dos que tem mais movimentados no mundo.

O primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, que se deslocou ao local, afirmou que o aeroporto voltou a abrir, após um encerramento de aproximadamente cinco horas.

Segundo a informação disponível no portal do aeroporto, a grande maioria dos voos continuam cancelados ou atrasados, embora alguns aviões tenham já aterrado ou estejam a preparar-se para descolar, tanto no terminal internacional como dos voos domésticos.

A televisão NTV confirma que o aeroporto se encontra aberto ao público e prepara o regresso à normalidade.

A maioria dos voos que tinha chegada prevista durante o período do encerramento foi desviada para a cidade de Esmirna, situada a cerca de 300 quilómetros.

A companhia aérea de bandeira turca, a Turkish Airlines, anunciou que altera ou cancela, de forma gratuita, todos os bilhetes de avião emitidos até 31 de julho.

O atentado de terça-feira foi o mais mortífero dos quatro registados na maior cidade da Turquia este ano.

A autoria de dois foi atribuída ao grupo extremista Estado Islâmico e outro foi reivindicado por um grupo curdo. O de terça-feira ainda não foi reivindicado, embora o primeiro-ministro turco tenha indicado que os indícios apontam para o Estado Islâmico.

Lusa

  • "PCP não é força de suporte do Governo"
    2:11

    País

    Ao segundo dia de congresso comunista, ouviu-se o aviso mais forte, até agora, ao PS. João Oliveira, líder parlamentar do partido, diz que o PCP não se diluiu e que não é suporte do Governo. Já Jerónimo de Sousa deixou elogios à excelente geração de jovens que estão na frente política do PCP.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.