sicnot

Perfil

Atentado em Istambul

Atentado em Istambul

Atentado em Istambul

Governo diz que não há registo de vítimas portuguesas no atentado na Turquia

O Governo português declarou hoje que, até ao momento, não há registo de vítimas portuguesas no atentado que ocorreu, na terça-feira, num aeroporto em Istambul, na Turquia.

SEDAT SUNA

"Até ao momento, não há registo de portugueses feridos ou mortos no atentado ocorrido no aeroporto Atartük, em Istambul, ocorrido na terça-feira", disse fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro.

Segundo a mesma fonte, o gabinete de emergência consular está em contacto com muitos portugueses que estão em trânsito na Turquia para prestar auxílio e apoio, nomeadamente aos cidadãos nacionais que perderam os seus voos em consequência do atentado.

"Não temos, até agora, informação de portugueses atingidos pelo atentado e também não temos informações das autoridades turcas nesse sentido", acrescentou.

Segundo a fonte, até ao momento, não foram registadas chamadas de pessoas para o gabinete de emergência consular a procurar por familiares desaparecidos na Turquia.

As autoridades turcas informaram que três atacantes abriram fogo na entrada do terminal internacional do aeroporto Ataturk antes de se fazerem explodir por volta das 22:00 de terça-feira (20:00 em Lisboa).

O atentado, que fez 36 mortos e mais de uma centena de feridos, ainda não foi reivindicado, embora o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, tenha referido que os indícios apontam para o grupo extremista Estado Islâmico.

O aeroporto em Istambul voltou a operar hoje, mas ainda são poucos os voos previstos, segundo a imprensa local.


Lusa

  • Tribunal de Contas apresentou reservas em relação ao SIRESP em 2006

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O Tribunal de Contas avisou em 2006 que o Estado poderia sair prejudicado nos moldes em que o Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) estava a ser desenhado. De acordo com a edição de hoje do Jornal de Notícias, terão sido a ausência de um concurso público, a falta de tempo para a apresentação de propostas e mexidas no caderno de encargos a motivar as reservas do tribunal.

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29
  • Bispo do Mali terá contas na Suíça com 12 M€
    1:49

    Mundo

    Há uma polémica a envolver um novo cardeal da Igreja católica. Um bispo do Mali, escolhido pelo Papa para o colégio cardinalício, está a ser relacionado com contas na Suíça onde estarão depositados milhões de euros. A cerimónia que o fará cardeal está marcada para hoje.

  • Confirmada prisão dos portugueses que gravaram nome no portão de Auschwitz

    Mundo

    Dois adolescentes católicos portugueses foram condenados a um ano de prisão com pena suspensa, por terem gravado os nomes na porta da entrada principal de Auschwitz-Birkenau. O tribunal de primeira instância de Oswiecim já tinha condenado os jovens e o tribunal de Cracóvia confirmou esta quarta-feira a pena aplicada.