sicnot

Perfil

Atentado em Istambul

Atentado em Istambul

Atentado em Istambul

"Mais uma inaceitável demonstração da barbárie dos que recusam a paz"

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condenou hoje "veementemente o terrível atentado" no aeroporto de Istambul, que fez pelo menos 36 mortos, considerando-o como "mais uma inaceitável demonstração da barbárie dos que recusam a paz".

(SIC/ Arquivo)

"O Presidente da República condena veementemente o terrível atentado de Istambul, mais uma inaceitável demonstração da barbárie dos que recusam a paz, a liberdade e a democracia, e apresenta sentidas condolências à Turquia e às famílias de todas as vítimas de diversas nacionalidades", pode ler-se no comunicado publicado na página oficial da Presidência da República.

O aeroporto de Atatürk, em Istambul, um dos mais movimentados do mundo, foi palco, na noite de terça-feira, de um triplo atentado suicida que resultou em pelo menos 36 mortos e 147 feridos, segundo o mais recente balanço oficial.

A autoria do atentado -- o quarto a atingir a maior cidade turca desde o início do ano -- ainda não foi reivindicada.

O primeiro-ministro turco afirmou que os primeiros indícios apontam para o grupo extremista Estado Islâmico (EI) como o responsável pelo triplo atentado suicida.

Lusa

  • Cavaco apela ao voto contra a eutanásia
    1:09

    País

    A eutanásia será discutida no Parlamento na terça-feira e os deputados do PS e PSD terão liberdade de voto. O PCP e CDS já se anteciparam e garantem que vão votar contra. Cavaco Silva é outra voz crítica em relação a esta questão. O ex-Presidente da República diz que é a decisão mais grave que os deputados podem tomar e apela que nas legislativas de 2019 não se vote nos partidos que forem a favor da morte medicamente assistida.

  • Papa terá pedido a bispos que rejeitem seminaristas homossexuais
    1:15
  • Duquesa de Sussex já tem brasão

    Harry & Meghan

    O Palácio de Kensington apresentou esta sexta-feira o brasão da Duquesa de Sussex, Meghan Markle. O brasão foi criado pelo College of Arms mas teve a ajuda da duquesa para que este fosse "pessoal e representativo".

    SIC

  • Moradores de Lake Worth recebem alerta para invasão de mortos-vivos

    Mundo

    E se de repente recebesse uma mensagem que alertava que a sua cidade estava a ser atacada por mortos-vivos? Foi o que aconteceu com os moradores da cidade norte-americana de Lake Worth, que foram surpreendidos durante a madrugada por uma mensagem de emergência dos serviços estatais, que os avisava de "atividade extrema de mortos-vivos".

    SIC