sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Governo português em contacto com autoridades francesas

O secretário de Estado da Comunidades, José Luís Carneiro, disse hoje à agência Lusa que o Governo está a acompanhar a situação em Nice, sul de França, e que está em contacto com as autoridades francesas.

"Queremos transmitir a todos aqueles que tenham familiares em Nice que a Secretaria de Estado da Comunidades e o Ministério dos Negócios Estrangeiros estão a acompanhar, em contacto com as autoridades consulares em Marselha e em Nice, e em diálogo com as autoridades francesas e assim que houver informação será disponibilizada", afirmou o secretário de Estado.

Segundo o secretário de Estado, a informação será disponibilizada pelo consulado-geral de Marselha, pelo consulado de Nice e na página na Internet da Secretaria de Estado das Comunidades.

"Estamos em contacto direto com o nosso consulado-geral em Marselha, que por sua vez está em contacto com o nosso consulado honorário (em Nice), que está em contacto com a prefeitura da região de Marselha e nos está a dar informação sobre o que está a acontecer e todos os dados objetivos que é possível, neste momento, ter", afirmou José Luís Carneiro.

Atualmente, estão em Nice cerca de 10 mil portugueses, especificou o secretário de Estado.

Um camião atingiu esta noite uma multidão em Nice, França, na Promenade des Anglais, quando assistiam a um fogo de artifício para celebrar o dia de França.

Há informação de pelo menos 70 mortos e uma centena de feridos, segundo as autoridades. O condutor do camião foi abatido pela polícia.

As autoridades francesas já consideraram este ataque um atentado e o Presidente da França, François Hollande, vai reunir o gabinete de crise.

Lusa

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.